É normal criança "brigar" com o sono


É normal criança "brigar" com o sono
Isso acontece porque ela está descobrindo o mundo

Muitos pais têm uma única dificuldade: colocar o filho para dormir. São choros, gritos e birras na hora de ir para cama. Mas por que isso acontece? Como fazer a criança entender que aquela é a hora do descanso?
Para a pediatra Zuleid Mattar, a criança permanecer acordada porque é muito mais interessante. “Assim, ela descobre e desbrava o mundo à sua volta. À noite, o pequeno relembra tudo o que aprendeu durante o dia, e por este motivo fica agitado.”
Mas esta agitação não pode dar espaço para que o filho escolha se é ou não hora de dormir. “Toda criança é um tirano em potencial e precisamos mostrar a elas que os pais é que determinam o que deve ser feito. Esta postura transmite segurança e é fundamental para o equilíbrio da criança”, explica a médica.
Para que os pais tenham o controle da situação, é preciso organização do tempo e das atitudes. “As crianças precisam de uma rotina para encontrar o sono. É importante fazer diariamente as mesmas coisas e o filho saberá o que vem em seguida, sendo mais fácil para ele relaxar e adormecer”, indica Zuleid.
Segundo ela, o ritual do sono deve ser criado respeitando-se as características de cada família e de cada criança. “Por exemplo, brinque um pouquinho, depois a leve para o banho, em seguida, faça uma massagem suave, cante uma musiquinha, ou, se ela já for maiorzinha, conte uma história, e depois a deite no berço, diga boa noite e saia do quarto.”
É claro que inserir esta rotina no cotidiano de uma criança não é tarefa fácil. “Ela pode até se rebelar, gritar ou fazer manha por alguns dias, mas depois de um tempo entenderá que ali é a cama dela”, enfatiza.
Lugar certo
Outra dica da médica é não deixar que a criança pegue no sono em qualquer lugar. “Imagine você acordar em uma cama diferente no meio da noite? É assim que o pequeno se sente quando os pais permitem que ele adormeça na sala ou no quarto dos pais e depois de adormecidos são levados para suas caminhas. Ao acordar no meio da noite se lembrará que estava em outro lugar e é prá lá que vai querer voltar.”
A pediatra enfatiza também que os pais devem ser firmes ao colocar seu filho no quarto. “Se ao deixar a criança no berço ela chora e você a retira de lá, reforçará a ideia de que aquele não é um lugar seguro e bom. Os pais devem ir até ela e acalmá-la ali mesmo, dentro do berço, dizendo palavras doces e de encorajamento, para fortalecer a mensagem de segurança e de rotina. Faça carinho por um tempinho e depois saia do quarto para que ela durma. Se ela acordar 20 vezes, repita este procedimento as 20 vezes, para que ela entenda que você está seguro de sua postura. Desta forma ela também se sentirá segura e adormecerá”, finaliza Zuleid.
  

Postar um comentário