Mude !

Gn 25:34
"Deu, pois, Jaco a Esau pão e o cozinhado de lentilhas; ele comeu e bebeu, levantou-se e saiu.
Assim, desprezou Esau o seu direito de primogenitura."

Direito de primogenitura, direito a receber privilégios de filho mais velho que os demais não tinham. Direito de receber porção dupla da herança familiar.

Humanamente e financeiramente essa porção diferenciada era muito importante. E foi desprezada por Esaú, pois não valorizou, a honra que o pai poderia lhe dar. Por outro lado, o olhar de Jacó estava nos privilégios de filho mais velho, no que está posição poderia lhe granjear?

Humanamente falando, era um jogo de interesses, ou da falta deles. O fato é que na verdade Deus tinha um plano muito maior e aquele momento era só uma figura do que o direito de ser o primogênito do Pai poderia lhe garantir.

Jacó talvez não soubesse o que aquilo significava, mas no mundo espiritual valia muito.

Dali surgiram dois povos:

Os Edomitas (descendentes de Esau) que poderiam ser o Israel de Deus, perderam o direito, pois não valorizaram a porção de honra diferenciada do Pai. E se tornaram eternos inimigos de Israel.

E os Israelitas (descendente
s de Jacó), que fez muitas coisas erradas, mas dentro dele entendia que aquela herança tinha muito valor. Tanto que na sua caminhada ele buscou em Deus ajuda, cura, socorro, resposta, proteção e sucesso na sua jornada.

De enganador e enganado Ele se tornou Israel de Deus, pois não deixou o Anjo, sem que antes Ele o tirasse do lugar de angústia, para o lugar de refrigério em Deus.

Em Hebreus, ele é um dos patriarcas que encontra-se citado na lista dos heróis da fé (Cap 11).

Jacó não começou muito bem, aprendeu na caminhada com Deus. É assim que o Senhor quer nos ensinar. Ele nos aceita do jeito que somos e como estamos. Sabe das nossas deformações, e quer nos visitar e curar.
Basta ver em nós um coração que tenha lugar para Ele, espaço para Deus trabalhar e escrever uma nova história.
Eu quero, e vc?

Lembre-se hoje do que Jesus Cristo fez por vc. Não éramos ninguém, não merecíamos nada, fizemos as escolhas erradas muitas vezes na vida, que nos levou a passar por aflições que não precisávamos, estávamos angustiados e destruídos, mas Ele olhou para nós com seu olhar de amor, e nos fez dignos de receber o Seu amor e Sua Salvação. Entregou a Sua vida por nós, para que nos tornássemos de, "enganadores" em Israel de Deus.

Deus abençoe a sua sexta-feira, mais do que santa, como o mundo diz, mas que deve ser dedicada a honrar e glorificar aquele que se entregou para te dar a vitória.


Márcia Meni

Postar um comentário