Cargas frágeis

RECEBI E ESTOU REPASSANDO.
NÃO SEI A FONTE.


“Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus; em Cristo, vós perdoou. " (Efésios 4.32)


Enquanto dirigia na estrada. Dolores percebeu que um carro seguia muito próximo. Podia quase sentir a irritação do motorista enquanto ela dirigia cuidadosamente fazendo várias curvas com muita lentidão. É claro que o motorista do outro carro não tinha como saber que Dolores estava transportando quase 45 quilos de purê de batatas, duas panelas cheias de molho e muitos outros itens para um jantar na igreja - suficientes para alimentar 200 pessoas! Percebendo a frustração do outro motorista . Dolores pensou: se ele soubesse que carga frágil estou transportando, entenderia por que estou dirigindo desta forma. Rapidamente ocorreu-lhe outro pensamento: Com que frequência sou impaciente com pessoas por não imaginar que tipo de carga elas podem estar carregando? Com que facilidade emitimos julgamento sobre alguém, presumindo que conhecemos todos os fatos sobre a situação? A palavra de Deus nos leva a uma direção mais caridosa, nos instruindo a tratar uns aos outros com amabilidade, humildade e paciência (colossenses 3:12). Podemos  ser muito mais amorosos quando nós sustentarmos e perdoarmos (v.13). Tratemos os outros como gostaríamos de ser tratados (Lucas 6:31), lembrando que nem sempre sabemos que tipo de fardo eles podem estar carregando.
Postar um comentário