Amor na medida certa



Agradar a pessoa amada é prazeroso, mas tem que ser natural, nada de exageros


Quem nunca ouviu a afirmação que tudo em excesso faz mal. Mas e quando se trata de amor? Esse sentimento é algo muito particular, cada um tem uma maneira. O problema acontece realmente quando a pessoa se anula e deixa suas próprias vontades para viver em função do outro. Agir assim pode até causar doenças, como o amor patológico. De acordo com os especialistas, isso ocorre por insegurança e medo de perder a pessoa amada. Agradar o parceiro é uma atitude prazerosa, mas tem que ser natural, nada de exageros.
Quem ama alguém mais do que a si mesmo, na verdade está vivendo um desamor, esse sentimento faz com que sufoque o parceiro e acabe provocando o fim do relacionamento. Quando isso acontece é como se a vida perdesse o sentido e começa a transformar o que é benéfico em algo destrutivo. “Esse amor não é sincero, quando só se pensa em uma parte. Tem que amar, mas não mais que a si próprio”, comenta o apresentador do programa “The Love School – A Escola do Amor” (www.iurdtv.com), bispo Adilson Silva.
Para o amor ser verdadeiro e que esteja livre de interferências, deve haver confiança mútua, respeito, companheirismo, saber o momento certo de ceder e também de pedir algo ao companheiro. Tem que haver equilíbrio, nem a mais, nem a menos.
Dentro da vida a dois também é preciso evitar ser individualista e não se preocupar apenas com os interesses da outra parte, independentemente de quais forem. Essa atitude pode caracterizar desiquilíbrio e resultar em um comportamento injusto. Quem tem essa medida de amar possivelmente tende a ficar só.

Um dos grandes inimigos do relacionamento é o egoísmo. Coloque-se no lugar do outro diante das situações e veja qual seria sua reação diante de um fato ou como se sentiria. No relacionamento nunca dá para dizer que a convivência se encontra formada, os dois sempre estão aprendendo mais, ainda que o casal viva muito tempo junto, sempre tem uma novidade”, explica o bispo. Segundo ele, o casal tem que aprender ensinando.
 A medida certa do amor, em relação à pessoa amada, deve ser de bom senso. Quem ama alguém da mesma forma não cairá no erro do desamor. Manter um relacionamento é uma decisão que exige maturidade e sentimentos verdadeiros de ambas as partes, para que as adversidades tornem-se pequenas. A união é feita pelos momentos construídos juntos, cada olhar, conversa verdadeira e sincera, risadas ou qualquer outra situação positiva que possa ajudar no convívio.

CLIQUE AQUI SE VC DESEJA LER OUTRAS MENSAGENS SOBRE CASAMENTO:

Postar um comentário