Mude a circunstância com SUAS atitudes



“Tudo o que você quer que as pessoas façam com você, faça com eles.”
 
Baseado em Gn. 27.41


Quero voltar há milhares de anos atrás para entendermos que atitudes mudam as circunstâncias da vida.

Na realidade é um problema familiar. Deus havia chamado Abrão para sair da sua terra, deixar a sua parenteral e seguir em direção a um lugar que Ele estaria mostrando. Não saiu apenas com estas palavras, Deus lhe disse que o abençoaria, o tornaria uma grande nação, uma geração que não poderia ser contada da mesma forma que não se conta a areia do mar e as estrelas. Era uma situação muito difícil, ele com sua esposa Sarah já eram velhos, e além disto, Sarah era estéril, não podia gerar filhos. A promessa de Deus é que Abraão e Sarah teria um filho, a semente desta grande geração. E depois de serem tratados por Deus, erros e acertos humanos, Sarah deu a luz a Isaque que casou com Rebeca, que ficou gráfica de gêmeos. Ao chegar a hora, nasceu primeiro Esaú e logo em seguida, segurando no pezinho de Esaú, nasce Jacó. Cresceram, Jacó com características mais introvertidas, chegado a sua casa enquanto Esaú, o primogênito, dedicado a caça.
Certa vez, ao chegar cansado de sua caçada, muito faminto, pediu a Jacó que lhe preparasse uma comida e neste momento começa um grande problema familiar. Esaú por ser primogênito tinha direito a bênção do seu pai, mas neste momento de fome e cansaço, diz Jacó de que vale a benção da primogenitura se sua necessidade naquele momento era comida. Aí, troca a sua bênção por um prato de lentilhas.
Os anos passaram, Isaque bem idoso percebe que chega o momento de sua morte e dá ordem a sua esposa que Esaú prepare uma comida, traga a ele para que lhe abençoe. Rebeca, tendendo para Jacó e sabendo que Esaú estava em sua caça, faz com que Jacó prepara a comida e finge ser Esaú (Esaú tinha como características muitos pelos no corpo). Isaque já velho, e enxergando mal, come a comida e abençoa Jacó. Esaú ao chegar em casa e ficar sabendo, fica extremamente irado e sai de casa jurando matar Jacó assim que o seu pai morresse.

Dois irmãos, Jacó e Esaú, passam a ser inimigos por causa da bênção da primogenitura, por causa de uma atitude de Jacó.

Anos se passaram, Rebeca sua mãe preocupada, envia Jacó a casa do seu tio Labão para ficar protegido. Lá passa anos, casa-se com Lia, depois  Raquel, tem filhos, se torna próspero, mas um problema precisava ser resolvido.

Um encontro foi marcado entre os dois, não mais duas pessoas, mas duas famílias, quase duas tribos.

Este encontro é narrado em Gênesis 33.1-13. Acampados a espera de Esaú, chega um momento em que Jacó levanta seus olhos e percebe que se aproximava Esaú com quatrocentos homens com ele. Jacó imediatamente colocou suas servas com filhos a dianteira, Lia com seus filhos e Raquel com seu filho José mais atrás. Ele mesmo, Jacó, foi a frente de todos e chegando seu irmão se inclinou por sete vezes a terra diante de Esaú.

Neste momento tenso e crítico, Esaú corre ao seu encontro, abraça, o beija e choram, afinal, muitas coisas deixaram de ser compartilhadas, família divididas, rancores e mágoas foram criadas.

Esaú viu como Jacó fora abençoado – viu seus sobrinhos, esposas, servas. Todos chegaram diante de Esaú e se curvaram diante deles.

Jacó e Esaú conversaram, compartilharam suas vidas. Esaú sugeriu que ficassem juntos, mas Jacó não pode, devido a fragilidade de seus filhos, rebanhos e principalmente o propósito de Deus.

JACÓ MUDOU UMA CIRCUNSTÂNCIA COM UMA ATITUDE.

Talvez você possa dizer o que tem a ver isto com atitude?

Em Mateus 7.12 o Senhor diz: Assim que em tudo tratem vocês aos demais como querem que eles tratem vocês. De fato, isto é a lei dos profetas. Isto significa, “Tudo o que você quer que as pessoas façam com você, faça com eles.”

Esta é uma frase tremendamente simples, mas que tem uma implicação muito grande no destino de nossas vidas:  O EXITO E O FRACASSO DEPENDE DE UMA SÓ ESCOLHA e esta escolha fazemos todos os dias e instantes que nos vemos enfrentando as pessoas e certas circunstancias.

CONTINUAREMOS AMANHÃ....
Um grande abraço e que Deus o abençoe rica e abundantemente.


 
Postar um comentário