Do Lar: Uma mulher de valor





Durante muitos anos me constrangia  com a pergunta: Ocupação?  Me sentia humilhada ao escrever ' do lar', e pior quando tinha que verbalizar.

Após alguns anos, encontrei uma saída que me fazia estufar o peito quando aquela fatídica pergunta aparecia. ESCRITORA, eu escrevia em letras garrafais ou dizia em alto e bom som.  Me sentia a rainha da cocada preta!!!

Mas por ironia do destino.... me vi escrevendo livros e artigos falando justamente desta ocupação, tida por muitos como inferior.  Ao analisar minha vida e a de tantas outras que navegam nas mesmas águas, percebi que ser dona de casa não é para qualquer um!!

Para exercer as funções do lar, a mulher precisa ter noções de muitas outras ocupações.  Vejamos algumas.

1) ADMINISTRAÇÃO.  
Toda dona de casa que se preza precisa saber administrar seu tempo e sua casa. Ela tem, por  exemplo, que discernir quando vai responder seus emails; não pode ser na hora que seus filhos ou marido estão precisando dela.  Ela precisa estar atenta a tudo para que seu lar funcione com eficiência. Imagina acabar o açúcar na hora do café?!  Ou cortarem a luz por falta de pagamento quando o marido está mandando um e-mail para o chefe? O lar é uma pequena empresa. Precisa ser bem administrada.

2) ECONOMIA.
Toda dona de casa sabe como vai a inflação. Ela tem um orçamento e muitas vezes 'rebola' para não deixar a peteca cair.  A família nem imagina o quanto lhe custou levar aquela refeição à mesa.

3) NUTRIÇÃO.
Toda esposa e mãe se preocupa com a alimentação de sua família.  Ela procura unir valor nutritivo aos seus saborosos pratos e sempre 'esquenta a mufa' com o cardápio.  Não raro pergunta : " Meu amor, o que você está querendo comer hoje?"  E a maioria  se irrita, pois afinal acabou de tomar o café da manhã!  Mas é que planejamento é da natureza feminina, haja vista os 9 meses de gestação!  E um pouquinho de ajuda é sempre bem vinda!  Conheci uma senhora que fazia o cardápio para o ano inteiro, só variava a maneira de preparar os pratos.  É uma ideia, né?

4) GASTRONOMIA.
E aí valem as receitas da TV e das revistas.  Sempre procurando uma novidade para surpreender sua família.

5) DECORAÇÃO.
Com muitos ou poucos recursos, a mulher sempre gosta de arrumar seu ninho.  Para ficar bonito e agradável, ela também tem que ter noção deste ofício.

6) PSICOLOGIA.
Sempre aparando arestas e intermediando desentendimentos, a mãe tem que entender os dois lados da moeda e 'calçar os sapatos' de ambos. Tem que incentivar o filho que perdeu o pênalti na final do campeonato; enxugar as lágrimas da filha ignorada na festa da escola e dar força ao marido quando os negócios não andam lá essas coisas.  E isso tudo com psicologia para não ouvir: " Você está por fora!"

7) PEDAGOGIA.
É... a mãe tem que ser uma pedagoga e ajudar seus filhos nas lições de casa e nas lições da vida.  Ela é a principal responsável pela educação deles.  Muitas, inclusive, assumem 100% esta função quando decidem fazer 'home schooling' ( escola caseira) com seus filhos.  A pior coisa que a mãe pode ouvir sobre seu filho é que ele é mal educado.

8) ESTÉTICA.
A sociedade moderna exige que a mulher esteja sempre jovem e vigorosa.  Nem sempre  é possível, mas todas tentamos da melhor maneira possível atender a esta exigência.  Mudamos a cor e o corte dos cabelos.  Variamos no esmalte.  Usamos todos os cremes de beleza e as vezes até fabricamos os nossos com as receitas mais estranhas.  Tudo na tentativa de ficar mais bonita.

9) MEDICINA.
Não sei por que cargas d'água todos da família acham que nós temos a receita ou o remédio certo para todos os males, mas a verdade é que tivemos que desenvolver também esta ciência a partir das cólicas de nossos bebês.  Até hoje, com filhos já adultos, sou questionada do que fazer em tal situação. É como diz o ditado: ' De médico e louco, todos têm um pouco', e nós mães, temos muito!

10) ÍMÃ.
Este não é um ofício propriamente dito, mas a mulher precisa se esforçar para ser um magneto, atrair e unir sua família.  Celebrar aniversários e datas importantes,   além do cardápio caprichado, brincadeiras e gincanas marcam estes momentos.  Sei por experiência que o que fortalece os relacionamentos é  quando a família compartilha risos e lágrimas.

Consegui reunir 10 atividades que estão embutidas na ocupação ' Do Lar'.  Mas todas nós sabemos que existem muitas outras, pois a mulher é por natureza multi funcional.  Ela consegue cozinhar, falar ao telefone, ouvir música e ainda olhar a criança, tudo ao mesmo tempo!  Nós somos realmente incríveis, né?  Contudo, nada disto tem valor se não buscarmos em Deus a direção, pois o orgulho é o pior câncer - ele aniquila a alma!

A Palavra de Deus nos ensina: " A mulher sábia edifica a sua casa, mas a tola com suas próprias mãos a derruba."  (Prov.14:1)

Encontramos também um exemplo maravilhoso de mulher virtuosa em Provérbios 31.  Se ela podia, nós também podemos!!!

Que a graça do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo esteja sobre todas nós!

Sylvia Jane Crivella
Junho/2013


Postar um comentário