VENÇA O MEDO




Marcos Paiva


Posted: 29 Mar 2014 06:28 AM PDT
Por enquanto vamos encerrar esta série de reflexões sobre vencer o medo, logo voltaremos com mais tópicos. 

Mas gostaria de encerrar justamente com o contrário do que falamos na terceira parte. Se nos amedrontamos com o que pensam de nós, certamente é um perigo muito grande aquilo que nós mesmos pensamos de nossas vidas. Os atores gregos usavam máscaras e os sons e palavras eram emitidos através delas.  

Esta é a origem da palavra pessoa (aquilo que soa através de algo – no caso uma máscara). Estes atores gregos não eram conhecidos em suas faces, mas sim no que falavam. 


Um dos grandes motivos da queda do homem é justamente não mostrar na realidade quem ele é. Desde pequeno, nós homens ouvíamos nossos pais dizerem “não chore, você é homem!”, “homem não sente dor” e tantas outras loucuras nos foram falado.

Tirar a máscara é mostrar realmente quem somos, o que falamos está ligado aquilo que está dentro do nosso coração, portanto, não se julgue alguém invencível, capaz de suplantar todas as coisas da vida, alguém que pode enfrentar todas as situações porque tem as habilidades necessárias para vencê-las.

Sei que isto tem sido a tônica de muitas mensagens e palestras – você é capaz, mas cuidado, você não é invencível. Até os heróis tem seus pontos fracos.
Seguindo o mesmo pensamento, não lhe estou dizendo que deve ter em mente ou uma rosto de coitadinho, de fraco, destruído, ao contrário, faça sua as palavras que Deus disse a Gideão, vá na sua força, ainda que seja o menor da sua família, sua família o menor de sua tribo, e sua tribo não tenha tanta influência na sociedade.

Conhecer a si mesmo aos olhos de Deus é a grande arma para vencermos o medo de cada dia.

Um abraço, continuaremos em outra ocasião.

Marcos Paiva, 
Pastor da Ig. Nova Vida em Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. 
Médico Gastroenterologista e Administrador Hospitalar. 
Diretor da Auxiliadora Casa de Saúde. 
Apaixonado por Pessoas – O Negócio de Deus.


Visite nossos sites:
Posted: 29 Mar 2014 05:39 AM PDT
Em nossa terceira parte sobre Vença o Medo gostaria de lhes falar sobre um grave problema que nos aflige. A princípio parece nada ter a ver com o medo, mas uma das coisas que nos aflige é certamente a sensação de que pessoas estão tendo conceitos errados ou fazendo algumas suposições falsas daquilo que somos, das nossas motivações e ideais.

Com certeza isto entristece muito nossos corações e não seria eu dizer para você que isto não tem nada de mais ou não ligue para isto, deixa isto para lá. Existe o ditado “Os cães ladram e as carruagens passam”, mas na realidade não é bem assim.
Todos nos desejamos o bem estar para nossas vidas e para os outros, prova disto são as atitudes de caridade e bondade que praticamos. Fazemos o bem não para alcançarmos a salvação eterna, mas simplesmente para que possamos ter uma vida melhor e proporcioná-la aos outros. 

Mas nem sempre somos bem vistos com nossas atitudes, motivo pelo qual não podemos viver esperando ser aplaudidos por nossas boas atitudes. A própria palavra de Deus nos ensina que o damos com a mão direita a esquerda não deve saber.

Isto significa que em qualquer lugar que você estiver, seja o que for que estiver fazendo, alguém sempre estará falando mal de você, tendo suposições equivocadas, tirando conclusões erradas sobre suas atitudes.

Para que o medo seja vencido considere aplausos, gratidão, relacionamentos bons como um Plus extra na sua vida. Mantenha-se firme independentemente do que pensam de você.


Um grande abraço, Deus o abençoe, continuaremos. 

Marcos Paiva
Pastor da Ig. Nova Vida Niterói, Rio de Janeiro. 
Médico Gastroenterologista e Administrador Hospitalar. 
Diretor da Auxiliadora Casa de Saúde. 
Apaixonado por pessoas – O Negócio de Deus.

Posted: 28 Mar 2014 05:28 PM PDT

Em nossa segunda parte sobre o medo quero estimular você a não se render diante das dificuldades que lhe causam medo e temor. Todos nós passamos por elas, e os que conquistam e vencem, aqueles que permanecem prevalecendo são justamente os que não permitiram se prostrarem diante das adversidades.

Quando enfrentamos o medo a tendência é estarmos paralisados. Imagine você caminhando diante de uma selva e de repente surge diante de você um animal feroz, um tigre, uma onça ou uma cobra. Para e olha para os seus olhos e neste momento não só você, mas todos sentem correr “o frio na barriga” e o primeiro pensamento é “agora não dá mais, é o meu fim”.

Isto não acontecem nestas situações apenas. Naquelas situações corriqueiras que se tornam maiores que nossas habilidades e convicções pensamos e agimos da mesma forma – nos tornamos inertes, paralisados, sem respostas imediatas para uma solução.

A sociedade é composta de pessoas vencedoras e derrotadas. Os vencedores não são aqueles que estão por trás de uma bela mesa de escritório rodeados de empregados, ao contrário, muitos deles se escondem em suas mesas e títulos e vivem dominados pelo medo das perdas a cada momento. Da mesma forma no conceito humano, derrotados são os que não tem empregos, não conseguiram juntar algo para viver ou nem mesmo conseguiram conquistar alguma coisa, menor que seja.

Uma vez fui chamado de derrotado porque a igreja que pastoreio não teve um crescimento explosivo (crescimentos rápidos são nocivos, você já imaginou se em três anos seus filhos estivessem com 60 quilos e mais de um metro de altura?). Crescimentos rápidos formam monstros.  Mas porque me chamaram de derrotado? Porque não construí uma catedral, um templo glorioso, não tenho a fama que muitos não conseguiram, apenas forçaram ou compraram? Mesmo em meio as dificuldades de uma igreja média, não me sinto paralisado diante das adversidades da vida, jamais tomei para a minha vida o medo como um sinal de Deus para que não realizasse algo – a prudência é totalmente diferente do medo.

Tenho um amigo que tem um grande medo em viajar de avião. Já disse para ele, seu medo será vencido quando você voar pela primeira vez. Da mesma forma, seu medo será vencido quando você não se render a ele, ao contrário, fazer justamente aquilo que ele está dizendo não faça.

Que Deus lhe abençoe rica e abundantemente.

Continuaremos amanhã.

Marcos Paiva, 
Pastor da Ig. Nova Vida de Niterói, 
Médico Gastroenterologista e Administrador hospitalar, 
Diretor Presidente da Auxiliadora Casa de Saúde. 
Idealizador da Escola de Liderança Avançada-Brasil. 
Apaixonado por pessoas – O Negócio de Deus.


Visite nossos sites http://novavidaniteroi.org.brhttp://facebook.com/invniteroi. Neles temos mensagens e nossas programações.
Posted: 28 Mar 2014 04:30 PM PDT

Olá Amigos,

Certamente o medo é parte importante de nossas vidas. Quando bem administrado e na dose certa, se torna um mediador para nossas decisões, nos torna precavido, nos faz pensar nas consequências assim como em outras possibilidades para as decisões a serem tomadas. Mas ser dominado pelo medo é algo terrível. Faz com que pessoas não saiam dos seus lugares, não se movam, não conquistam, não se arriscam em novos empreendimentos. 

E isto, principalmente na vida do cristão, que gosta de viver a vida "espiritual superficial", faz com que fiquem para trás e percam oportunidades imprescindíveis em sua vida.

Primeiro ponto que devemos entender é não permitir que o medo nos transforme em uma pessoa incapaz, inabilitada, impotente para as realizações de sua vida. Jamais começaria uma nova etapa em sua vida, viveria no marasmo da vida, sentado a beira do caminho esperando que talvez um dia algo bom possa cair do céu sobre a sua vida. Vencer o medo é requisito básico para ser alguém vitorioso. É isto que fazem ou deveriam fazer os preletores antes de competições, de projetos a serem realizados. De que adianta um grande projeto de vida se não sai do papel por causa do medo das circunstâncias adversas que certamente terão que ser enfrentadas. 

Vivemos todos os dias lutando uma guerra que é injusta - a vida é como é e não como deveria ser, mas isto não nos dá o direito de retroceder. Enfrentamos as desigualdades, traições, ambições desenfreadas, ingratidão e até mesmo roubados em nossos projetos e idéias. Não se importe com isto, fortaleça-se e mantenha-se focado em seus objetivos.

Continuaremos

Um abraço, Deus os abençoe rica e abundantemente.

Marcos Paiva, 
Pastor da Ig. Nova Vida de Niterói, Médico Gastroenterologista e 
Administrador Hospitalar. Diretor Presidente da Auxiliadora Casa de Saúde. 
Apaixonado pelas pessoas - O Negócio de Deus.

You are subscribed to email updates from Viva Melhor, Marcos de Paiva
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610

Postar um comentário