Nossa vida e as estações do ano = amadurecimento

A beleza do inverno

Hoje inicia-se um novo mês e logo também uma nova estação: A colorida e alegre PRIMAVERA!Você já fez uma analogia com as estações do ano e sua vida?
tumblr_m2ekdq6ojT1rraze3o1_500_large
Existe beleza no inverno

Estava pensando sobre isso e decidi escrever, precisamente, sobre outono, inverno e primavera.

No site do Info Escola diz o seguinte sobre essas 3 estações: O outono é a estação do ano mais associada à melancolia, à nostalgia, ao declínio da existência, pois suas características principais são as quedas das folhas das árvores, suas nuances amarelas e vermelhas, o tom cinza do céu, os frutos amadurecidos que, desta forma, pesam nos galhos e caem sobre a terra. Poeticamente, portanto, marcam as etapas de transformação da vida, a reciclagem dos elementos da natureza e também das emoções humanas.  No outono, então, as pessoas vão se tornando introspectivas, mais desejosas de se abrigar nos seus refúgios, inclinadas a buscar a meditação, pois inicia-se neste momento uma fase de transição, que se completa no Inverno, quando todos sentem a tendência de hibernar.

 No inverno se intensifica o processo de introspecção pessoal iniciado no outono. As pessoas se recolhem, voltam-se mais para si mesmas, procuram no interior do lar atividades que combinam com este período de concentração existencial, como arrumar armários, consertar o que está à espera de reparos, costurar o que necessita ser restaurado, separar o que não é mais imprescindível e pode, assim, ser doado. As pessoas ficam mais solidárias neste período (que nossa solidariedade não fique só nas estações frias), pois raros são os que não se preocupam com a sorte dos que não têm um agasalho, um prato de sopa ou um lugar para se refugiar do frio enérgico.

Na primavera a natureza se torna mais bela que nunca, vestindo-se de flores das mais variadas cores, dos mais ricos matizes, de intensos e diversos perfumes. Este clima propicia o começo do período reprodutivo de muitas árvores e plantas. É o nascimento da primavera, que reinstala a alegria e o colorido, depois de uma era cinzenta e fria. Ela prepara a vinda do Verão, com seu intenso calor. Os animais e os vegetais reanimam-se ao longo do espaço onde a Primavera retorna.Quem nunca passou um “outono” ou “inverno” interior, onde a vontade era de se fechar e ficar refletindo, pensando na vida, pensando em nada ou questionando tudo!? Acredito que todos já passaram por isso. E se ainda não passou  sinto informar que irá passar! Nós precisamos passar por isso, não somos máquinas ou marionetes programadas para viver segundo algumas regras, somos criação do Deus vivo, e assim como as estações têm suas etapas e transformações, nós também precisamos ser transformados e melhorados. Estamos em constante mudança e aprendizado. Como disse Clarice Lispector “Observo em mim mesma as mudanças de estação: eu claramente mudo com elas.” Nós precisamos de um renovo da parte do Senhor em cada estação da nossa vida, pois a cada estação sentimos a necessidade de mudança seja ela material, emocional ou espiritual. Renovar é dar um novo brilho; substituir por novo, coisa nova; dar aspecto ou feição de novo a; mudar ou modificar para melhor; recomeçar, reiniciar, restaurar; consertar, reformar, corrigir, melhorar em praticamente em todos; pôr novamente em vigor; restaurar, restabelecer; trazer de novo à lembrança; revigorar-se (dicionário Aurélio). Ufa, quantos sinônimos para renovar! Mas é esse o desejo do Senhor em sua vida: Renovo de tempo em tempo!

“Ele fortalece ao cansado e dá grande vigor ao que está sem forças. Até os jovens se cansam e ficam exaustos, e os moços tropeçam e caem; mas aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças. Voam bem alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam.”Isaías 40:29-31

Diferente de Deus, nós somos seres limitados. Nos cansamos, principalmente, por sermos propensos a ficarmos abatidos com as pressões do dia a dia e as diversas ciladas que o inimigo de nossas almas tentas nos colocar. Paulo diz o seguinte em 2 Coríntios 4:8-9 “De todos os lados somos pressionados, mas não desanimados; ficamos perplexos, mas não desesperados; somos perseguidos, mas não abandonados; abatidos, mas não destruídos”, e nós não desanimamos, não ficamos desesperados e nem somos destruídos porque o Senhor nos renova quando buscamos a renovação da nossa mente na Palavra e quando passamos tempo com Ele, e pessoalmente o tempo que passo nas estações frias ou no deserto, é o tempo que mais fico próxima d’Ele e fico mais sensível a voz do Espírito. Eu creio que a cada estação do ano, principalmente no outono e inverno, o Senhor está nos preparando para as adversidades. E chegará o dia em que não teremos mais que passar por essas transformações e renovações e “embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles (2 Co 4:16-17). Existe tempo para tudo na vida, e neste ciclo da mudança das estações é que somos moldados.

Então, nos outonos e invernos de nossas vidas vamos trazer à memória todas as promessas do Senhor, vamos buscar sua face, vamos contemplar a beleza de cada estação, porque toda obra do Senhor, nosso Deus, é maravilhosa. Quando termina o inverno as flores da primavera alegram, enfeitam, nos dão ânimo, ficamos mais dispostos, na primavera tudo se faz novo, lembre-se que o seu “inverno” não será eterno, é apenas um tempo que Deus separou para te renovar, e nada nem ninguém poderá impedir a primavera de chegar, mesmo que não existam mais jardins, ela vem! E para desfrutar da primavera precisamos passar pelo inverno.

Com amor em Cristo,
Juliana Montiel.

Postar um comentário