No subestime suas fraquezas pecaminosas

A paz do Senhor!

Nos últimos meses muito se tem falado sobre uma pessoa pública do meio evangélico que INFELIZMENTE vinha pregando a Palavra e ministrando louvor nas igrejas, mas nos bastidores estava morando com o namorado e usando drogas. A história dessa moça veio à tona por ser uma pessoa pública, e o objetivo desta mensagem não é dizer que ela estava certa. Não, eu não concordo com esse tipo de coisa! Entendo que quando uma pessoa perde o controle sob seus pecados e especialmente se ela tem um cargo de responsabilidade, ou exerce uma influência ministerial, a pessoa precisa reconhecer seus erros, confessar ao seu líder e renunciar o cargo até que consiga se restabelecer. Não tem como viver no espírito e na carne ao mesmo tempo! Mas eu quero através desta mensagem trazer uma reflexão para si mesmo... quantos de nós, anônimos, somos hipócritas, frequentando a igreja e até exercendo cargos, mas no privado estamos vivendo no pecado de forma consciente¿

Nada justifica esse estilo de vida mas há 2 situações que precisam ser avaliadas em nossa vida:

1) Aquele que está de pé cuidado para que não caia! Se você cair tente levantar, mas se não conseguir sozinho peça ajuda. Se o processo for difícil tenha a hombridade de renunciar os cargos que exerce para não ser motivo de escândalo àqueles que te olham como referência. E otimize seu tempo investindo nesse processo de recuperação do espírito, restabelecendo sua ligação com Deus, zelando por sua mente, de forma a ter saúde emocional e cuidando do seu corpo físico. É melhor se escandalizarem inicialmente e reconhecerem você como humilde e reconhecedor dos erros e desejo de conserto do que te olharem como hipócrita que prega uma coisa e vive outra;

2) Devemos ajudar aqueles que caíram para que se levantem retornando à honra.
O correto é que essas pessoas se arrependam, sejam disciplinadas COM AMOR e discipuladas, acompanhadas ... oremos por elas para que essa seja uma oportunidade de experiência com Deus e que o reparo seja maior que os danos, alcançando vidas com o seu testemunho!

Então é isso! Aprenda com o pecado dos outros e não subestime suas fraquezas pecaminosas achando-se autossuficiente!

Fica na paz !

Juliana Meni

Resultado de imagem para não subestime seus pecados
Postar um comentário