Desafio dos recém-casados

Encaminhe essa mensagem aos noivos e recém-casados que você conhece !

Resultado de imagem para recém-casados

VÍDEO


Sempre há o que aprender para aperfeiçoar o seu amor por sua família

Resultado de imagem para AMOR É ATITUDE

VÍDEO

Revolucione seu casamento: vc realmente sabe o que é amar e expressa da maneira correta?
Assista mesmo que você ache que já sabe amar e pense que os outros é que não sabem te amar!

Você é uma Mulher virtuosa?

Resultado de imagem para MULHER VIRTUOSA
VÍDEO

Arrependimento + Misericórdia de Deus = combinação perfeita

Resultado de imagem para arrependimento

VÍDEO 1

VÍDEO 2




Coloque limites se há abusos em seu casamento

Resultado de imagem para ABUSO NO RELACIONAMENTO

Se preciso for, mude a forma de lidar com a pessoa agressiva.  Peça sabedoria a Deus!

LEIA o incrível texto de Tiago 1 que fala sobre pedir a Deus sabedoria!

VÍDEO 1

VÍDEO 2



Amamentação: a pega correta do bebê ao seio

Resultado de imagem para amamentação pega correta
Uma das coisas mais importantes na técnica de amamentação é a forma como o bebê pega o seu peito. Embora amamentar seja natural para algumas mães, para outras pode ser necessário aprender algumas dicas. Quando a pega é incorreta, pode haver consequências desagradáveis e prejudiciais.
 .

CONSEQUÊNCIAS DA MÁ PEGA

• Dor
• Desmame precoce
• Rachaduras no seio
• Bebê não ganha peso
• Ingurgitamento mamário
• Baixa produção de leite materno
Mas então, como deveria ser a pega correta?


A PEGA CORRETA

• O Bebê abre bem a boca
• Abocanha quase toda a aréola.
• Mantém boca bem aberta e acoplada ao seio
• Lábios evertidos (boca de peixe)
• Queixo do bebê encosta no seio
• Fica mais aréola visível acima da boca do bebê do que abaixo
• O Bebê suga, respira e engole de forma natural e coordenada
• Sucções lentas e profundas
• Mão em formato de “C”, apoiando a mama.
• Língua do bebê em contato com gengiva inferior
• Bochechas do bebê ficam arredondadas
• Bebê fixo no seio, sem escorregar
*Seus Dedos não devem pinçar o seio nem tocar a aréola. O apoio com a mão não é necessário, exceto em caso de seios muito grandes e pesados. Cuidado para não bloquear a descida do leite (não use dedo em tesoura). Cuidado para não colocar o dedo na aréola (onde o bebê deveria colocar a boca).
 .
.

OUTROS SINAIS DE BOA PEGA

• A mãe sente contrações uterinas (cólica)
• O seio do lado oposto “vaza”


QUANDO A PEGA NÃO ESTÁ ADEQUADA

• O bebê abocanha só o mamilo (o bico)
• O bebê não encosta o queixo
• A mãe sente dor na amamentação
• Bebê com bochechas encovadas
• Lábio inferior não fica evertido
 .
ATENÇÃO
Além da boa pega, existem outros fatores importantes para uma boa técnica de amamentação, tais como o posicionamento da mãe, o correto alinhamento do bebê, o local onde ocorre a amamentação.


Resultado de imagem para amamentação pega correta


Conchas para amamentação

Conchas Resultado de imagem para conchas amamentação]

O que são conchas para amamentação?

São aparelhos utilizados por baixo do sutiã, geralmente são de plástico e servem para corrigir um mamilo invertido ou um mamilo plano, de modo a facilitar a pega do bebê e a amamentação. Há diversos tipos de conchas. Há diversas marcas. Antes de comprar uma delas, você deve observar alguns detalhes importantes que vamos comentar mais a frente.
.

Para que servem?

• Corrigir um mamilo invertido ou um mamilo plano
• Proteger um mamilo rachado | fissurado
• Proteger um mamilo normal | saudável
• Coletar o leite materno que fica “vazando”
• Correção do mamilo para fins estéticos
.

Quais os tipos de conchas?

BASE RÍGIDA – melhor para correção de bico.
BASE FLEXÍVEL – melhor para coletar leite e proteger seios rachados.
ORIFÍCIO GRANDE – se o orifício é muito grande, não corrige o bico, apenas protege a mama e coleta leite.
ORIFÍCIO PEQUENO – quando o orifício é muito pequeno, pode ferir e machucar.

O que uma concha precisa ter?

» Deve ser transparente, para que seja fácil avaliar seu estado de conservação e limpeza. Lembre-se de que a limpeza é fundamental. O ideal é que as conchas sejam higienizadas e fervidas todos os dias.
» Deve haver orifícios para ventilação, para permitir a respiração do mamilo e evitar infecções. Caso não haja ventilação, o resultado pode ser uma infecção por cândida ou então outros tipos de danos aos mamilos. Mamilos sem ventilação podem rachar mais facilmente.
» O furo onde se coloca o mamilo não deve ser muito pequeno, do contrário irá machucar. O ideal é que o furo permita que, não só o bico, mas também uma parte da aréola fique dentro do aparelho.
.

Como Utilizar?

I.            Introduzir por baixo do sutiã
II.          Pode começar a utilizar ainda na gravidez
III.         Vestir por alguns minutos antes de cada mamada
IV.         Conchas rígidas ou de orifício pequeno: não utilizar por mais de 3 horas
V.          O leite coletado não pode ser consumido
VI.         Higienizar e ferver diariamente
VII.        Não apertar muito
.

Qual a melhor concha para mim?

A concha certa para você é aquela que te deixa mais confortável. Cada mulher sente-se melhor com um modelo diferente, por que os seios das mulheres são diferentes, eles têm formato, tamanho e sensibilidade diferentes, além das diversas variedades de mamilo.
A concha deve ser transparente e ventilada. O orifício onde o bico do peito é introduzido deve ser grande o suficiente para que uma parte da aréola entre no aparelho. Note também que conchas de base rígida são mais eficientes para corrigir o mamilo, enquanto as de base flexível só funcionam bem quando o objetivo é apenas coletar leite materno ou proteger um seio rachado ou um seio normal.
.

As conchas deformam o seio?

Em casos raros, pode haver deformação permanente do mamilo, mas isso provavelmente se deve ao uso exagerado. Quando o uso é excessivo, pode fazer com que os mamilos fiquem mais compridos e não voltem a ser como antes. As conchas não devem ser utilizadas o dia inteiro, principalmente quando ficam apertadas e quando são rígidas. Utilize alguns minutos antes de amamentar ou no máximo três horas por dia. Não durma com elas.
.
ATENÇÃO: Nem sempre as conchas conseguem corrigir o mamilo. Às vezes elas não fazem nenhum efeito. Conchas muito apertadas podem fazer mal aos seios. Não aperte muito. Não durma com elas. Não utilize por períodos prolongados. Três horas por dia costuma ser o suficiente.




Como fazer o bebê arrotar rápido

Resultado de imagem para bebê arrotar

VÍDEO


O bebê e suas terríveis cólicas

Resultado de imagem para bebê com cólicas

POR QUE OS BEBÊS TÊM CÓLICA?

Por que o aparelho intestinal do bebê ainda é imaturo. A tendência é que as cólicas desapareçam sozinhas com o tempo. Elas duram no máximo até os 5 meses de idade. As cólicas também podem acontecer por que o bebê engole ar durante a alimentação. Daí a necessidade de deixar o bebê na vertical por 10 minutos após cada mamada ou mamadeira.
 .
.

AS CÓLICAS PODEM SER PERIGOSAS PARA O BEBÊ?

As cólicas não são perigosas, mas entenda que nem todo choro é cólica. Se o seu bebê chora muito, não deixe de levar ao pediatra, pois pode haver alguma coisa incomodando o pequeno. Só para exemplificar, o bebê pode estar com dor de ouvido ou até mesmo com refluxo.
 .
.

QUAIS ALIMENTOS CAUSAM CÓLICA NO BEBÊ?

Você provavelmente já pesquisou na internet e achou uma lista ENORME de diversos alimentos que supostamente causam cólica no bebê. Mas será que é verdade mesmo?! Será que realmente existem alimentos que causam cólica?
Acontece o seguinte: a lista de alimentos é ENORME e você não pode deixar de comer tudo! Lembre-se de que você está amamentando, então você precisa de uma alimentação completa, variada e balanceada.


VEJA A LISTA DE ALIMENTOS:
Couve-flor
Brócolis
Cebola
Repolho
Pimentão
Pepino
Feijão / Favas
Leite / Derivados
Banana
Frutas silvestres
Frutas cítricas
Pimenta
Chocolate
Café
Estimulantes
Cigarro
Bebidas de Cola
.

Com uma lista tão grande como essa, o que vai sobrar para você comer?
.
GRANDE DICA! Não custa nada você evitar café, chocolate, refrigerante, álcool e outros estimulantes. O restante dos alimentos é melhor pensar duas vezes antes de suspender.
.
ATENÇÃO! Antes de deixar de comer qualquer alimento, você precisa ter certeza absoluta de que o alimento realmente está causando cólicas. O ideal é que o pediatra autorize a suspensão do alimento. Para facilitar as coisas, mantenha um diário de alimentação, onde você deve anotar tudo que come.
.
OBSERVÇÃO! Um alimento que causa cólica no bebê da vizinha pode não causar cólica no seu bebê. De forma geral, não há comprovação científica de que certos alimentos causem desconforto aos bebês.


AMAMENTAR EVITA AS CÓLICAS?

Se você amamenta, saiba que a amamentação costuma causar menos cólica do que o leite artificial. Isso acontece por dois motivos: o primeiro motivo é que a composição do leite materno favorece a digestão, o segundo motivo é que as mamadeiras costumam fazer o bebê engolir muito ar.
.
• A composição do leite materno ajuda na digestão
• As mamadeiras fazem o bebê engolir ar
.
Amamente seu bebê e deixe 10 minutos na posição vertical para que tente arrotar.

O QUE FAZER QUANDO O BEBÊ TEM CÓLICAS?
.
I – Massagens circulares na barriga
II – Compressas mornas na barriga
III – Banho morno
IV – Deitar o bebê um pouquinho de bruços no seu colo
 .
Você pode fazer massagens e compressas mornas diariamente, mesmo nos momentos em que o bebê não esteja com cólica. Isso irá ajudar a evitar que as cólicas apareçam. Também existe a “técnica do pedalinho”, que consiste em movimentar as perninhas do bebê delicadamente como se ele estivesse pedalando. Isso também ajuda a aliviar as dores.
 .
IMPORTANTE
O leite artificial pode agravar as cólicas do bebê. Amamentar pode suavizá-las. Apesar disso, todos os bebês têm cólica, uns mais e outros menos.
.
QUAL A IDADE DAS CÓLICAS?
As cólicas costumam aparecer por volta das 3 semanas de vida. Elas desaparecem no máximo aos 5 meses. O mais comum é que desapareçam no terceiro mês.