Qual a sua atitude em prol das pessoas enfermas que estão ao seu redor ?


“E aconteceu que, num daqueles dias, estava ensinando, e estavam ali assentados fariseus e doutores da lei, que tinham vindo de todas as aldeias da Galiléia, e da Judéia, e de Jerusalém. E a virtude do Senhor estava com ele para curar.
E eis que uns homens transportaram numa cama um homem que estava paralítico, e procuravam fazê-lo entrar e pô-lo diante dele.

E, não achando por onde o pudessem levar, por causa da multidão, subiram ao telhado, e por entre as telhas o baixaram com a cama, até ao meio, diante de Jesus.

E, vendo ele a fé deles, disse-lhe: Homem, os teus pecados te são perdoados.

E os escribas e os fariseus começaram a arrazoar, dizendo: Quem é este que diz blasfêmias? Quem pode perdoar pecados, senão só Deus?

Jesus, porém, conhecendo os seus pensamentos, respondeu, e disse-lhes: Que arrazoais em vossos corações?

Qual é mais fácil? dizer: Os teus pecados te são perdoados; ou dizer: Levanta-te, e anda?

Ora, para que saibais que o Filho do homem tem sobre a terra poder de perdoar pecados (disse ao paralítico), a ti te digo: Levanta-te, toma a tua cama, e vai para tua casa.

E, levantando-se logo diante deles, e tomando a cama em que estava deitado, foi para sua casa, glorificando a Deus.

E todos ficaram maravilhados, e glorificaram a Deus; e ficaram cheios de temor, dizendo: Hoje vimos prodígios.” Lucas 5:17-26


Queridos, estive meditando nesse texto e observei que Jesus concedeu a cura ao homem que estava paralítico, por causa daqueles que estavam com ele. Seus amigos investiam incessantemente a fim de que ele recebesse a cura, e Jesus levou isso em consideração. Aqueles homens tentaram leva-lo à Jesus em meio à multidão, mas não foi possível por conta da grande quantidade de pessoas que não abriam passagem para eles. Não desistindo, criaram uma nova estratégia passando-o pelo telhado da casa onde Jesus estava.

Quantas vezes temos próximos a nós, pessoas enfermas e nada fazemos por elas ? Faça uma comparação: Uma pessoa que tem uma enfermidade X tem pessoas à sua volta que não só apóiam em palavras, mas também em atitudes. Outra pessoa com a mesma enfermidade tem ao seu redor pessoas que querem saber de tudo o que está acontecendo, por curiosidade, mas não fazem nada para acrescentar, em palavras e muito menos em atitudes. Pergunto: qual dessas pessoas tem mais chance de crescer, amadurecer com tal fase difícil e se motivar na busca de sua cura ? Em probabilidade lógico que é a pessoa que possui uma rede de apoio !

Não digo falar só por falar, nem agir como se estivesse sentindo pena, mas de fato contribuir em verdade, buscando em Deus as palavras de vida coerentes com a motivação de tal pessoa, contribuindo da forma que você gostaria de ser tratado, com empatia. Isso faz toda a diferença ! Geralmente nos comportamos como pessoas completamente egoístas e nos fixamos apenas ao nosso “próprio umbigo”, esquecendo que se nós estivéssemos passando por tal situação, gostaríamos que os outros cuidassem de nós e nos concedessem palavras de ânimo para nossa recuperação.

Às vezes Deus cura uma pessoa por causa da fé das que estão junto a ela em total apoio, investindo incessantemente para que esta receba o milagre da cura que só pode vir de Deus, seja instantaneamente ou através dos médicos, cuja sabedoria vem de Deus. A forma é Deus quem sabe qual a melhor para cada caso.

Existem casos em que a pessoa está tão debilitada, que não tem forças físicas nem emocionais para buscar em Deus por sua cura, mas se essa pessoa tiver uma rede de apoio por sua família, amigos mais chegados que irmãos, etc, ela poderá ganhar força e motivar-se a lutar mais por sua própria vida. Algumas enfermidades então nem dão condições da pessoa buscar sua cura, seja por estar em depressão profunda, ou em estado de inconsciência, enfim, há várias situações... Mas e você, como tem agido em prol de seus queridos que estão enfermos ? Qual tem sido sua contribuição em palavras e atitudes ? Você tem pedido a Deus as ferramentas necessárias para que sua ajuda seja a mão dEle na vida dessa pessoa? Você tem certeza que sua ajuda não tem sido uma ajuda qualquer, mas uma ajuda consistente que CERTAMENTE gerará frutos ?

Autoria: Juliana Meni
Postar um comentário