Pilates faz muito bem à saúde



Hoje estou compartilhando algo diferente no Blog encorajamento... resolvi incluir também, mensagens que motivem na busca por saúde física e emocional além do espiritual.
Sempre achei o máximo o gosto de outras pessoas por atividades físicas, pois muito contribui na saúde física e mental, todavia, sempre tive muito preguiça para praticar. Mas há algum tempo tenho pesquisado a respeito de Pilates e resolvi começar a fazer. rs Estou quase certa de que dessa vez vai ! rs

Compartilho com vcs algumas informações:
 

Pilates - Benefícios à saúde

São muitos os benefícios do Pilates, entre eles: tonifica a musculatura, aumenta a flexibilidade e melhora a postura

Pilates é benéfico para a aptidão geral, condições especiais de saúde e para o seu bem estar global
Aptidão geral
  • Melhora sua postura;
  • Melhora a mobilidade e flexibilidade da espinha;
  • Distribui o tônus muscular e flexibilidade;
  • Aumenta a estabilidade para a pelvis e ombros;
  • Promove a saúde das articulações através da melhoria da mobilidade e da musculatura que a envolve;
  • Complementa o treino para atletas.
Condições de Saúde
  • Facilita a prevenção de doenças e a reabilitação física;
  • Desenvolve um melhor equilíbrio e coordenação, particularmente para os idosos;
  • Oferece uma forma de exercício excelente e segura para mulheres grávidas e pós-natal;
  • Alivia dores;
  • Ajuda a manter e melhorar a densidade óssea;
  • Desenvolve a função e eficiência pulmonar com a melhora da circulação;
  • Oferece uma forma de exercícios segura e benéfica para uma grande variedade de condições médicas, incluindo escoliose, osteoporose, artrite e esclerose múltipla.
Bem estar global
  • Faz você parecer e se sentir melhor;
  • Alivia o stress e a tensão e promove o sentimento de bem estar;
  • Expande a consciência corporal;
  • Integra corpo, mente e espírito;
  • Melhora a qualidade de vida."

Pilates - Custo x Benefício

Apesar de um pouco mais caro, a forma como as aulas são dadas e o nível técnico nos profissionais justificam o seu custo

Muitas pessoas acabam adiando a decisão de fazer aula de pilates ou mesmo desistindo quando se deparam com os preços. O pilates traz benefícios incomparáveis à saúde, mas por que será que essas aulas são mais caras que as de ginástica comum?
O valor cobrado pelas aulas de Pilates está associado ao alto nível da formação dos profissionais, ao custo de investimento inicial equipamentos e ao pequeno número de alunos por aula.
Dependendo da região do país, a mensalidade cobrada para duas aulas por semana, pode variar de R$200,00 até R$550,00. Um fator importante que deve ser levado em conta é o atendimento personalizado característico do método. As aulas de Pilates, quando não são individuais, são dadas para duas ou três pessoas, no máximo. Ao contrário das aulas de ginásticas em academia, que chegam a somar 20 ou mais pessoas numa mesma sala. O Pilates é baseado na atenção e consciência corporal. O olhar do professor deve estar sempre atento a cada movimento do aluno, como um personal trainer.
É importante ressaltar que o custo vale pelo tamanho do benefício. O Pilates conquistou o mundo pelo rápido resultado apresentado com uma rotina de treino. Resultados estes que previnem e tratam problemas de saúde como dores na coluna, ansiedade e tensões musculares decorrentes do stress. Sendo assim, se pensarmos que um mês inteiro de aulas de Pilates pode custar quase o mesmo do que uma sessão apenas de fisioterapia ou psicoterapia, fica até barato.”

Para quem não gosta do ambiente agitado das academias, pilates é ideal, pois permite um corpo malhado sem puxar ferro. Esse é o caso de Tatiana Tiepolo, que pratica no estúdio Physio Sport Pilates, em São Paulo (SP). “Além de músculos mais firmes e bem desenhados, melhorei a postura”, diz ela.”


Mat Pilates tonifica e alonga músculos
 Com o boom do Pilates nos últimos anos, a técnica praticada nos estúdios, com o uso de grandes aparelhos, está cada vez mais difundida, seja como exercício físico ou na recuperação de lesões. Mas outras variações do método tão eficazes quanto aquela ficaram “escondidas” e não ganharam tanta divulgação da mídia, como é o caso do Mat Pilates, uma versão da técnica onde os movimentos são feitos apenas no chão, valendo-se do peso do próprio corpo e da força da gravidade.
Nessa modalidade, conforme explica Tânia Mara Tiveron Borges, instrutora da técnica, o treinamento tem o mesmo princípio do método tradicional.
A única diferença é que no Mat Pilates não se usa o aparelho, mas pode ser realizado com a ajuda de acessórios, como bolas, faixas e pesos.

Com a técnica, os músculos são trabalhados duplamente, sendo tonificados e alongados ao mesmo tempo. Assim, os praticantes conseguem diversos benefícios com as aulas, que são individuais e bissemanais.
A primeira vantagem obtida com as sessões e a mais importante delas é o encontro do aluno com o seu próprio “eixo”, ou seja, com seu centro de equilíbrio. “No dia a dia, as pessoas saem muito desse centro, descompensando o corpo. A pessoa começa a se ‘entortar’ e fica pendente para um lado, o que acaba sobrecarregando mais os músculos de um lado do corpo, e a coluna, por si só, entorta”, relata a professora. Ela acrescenta que é desse processo que surgem as pequenas dores, como na lombar, no pé e no joelho.
Com a estabilização do corpo do praticante já nas primeiras semanas do treinamento, aparecem os benefícios, que são, além do alívio das dores, melhora no sono, no nível de estresse, na condição respiratória, bem como avanço no aspecto neurológico, quais sejam concentração e equilíbrio. 

De outro lado, em longo prazo (em média, a partir de dois meses da prática do Mat Pilates), a instrutora garante que o praticante obtém ainda conquistas estéticas, como definição de silhueta e abdômen, e melhora de celulite. “Ao trabalhar conjuntamente alongamento e tônus, os músculos ficam definidos e equilibrados, sem aumento de volume”, ressalta.
O trabalho de Mat Pilates pode ser direcionado para todas as idades, desde crianças a partir de sete anos até mesmo pela turminha da terceira idade, porque os exercícios são suaves e realizados sem impacto. “É um exercício muito bom para os idosos, porque oferece, além de maior agilidade, benefícios nas articulações (em caso de artrose) e proteção da estrutura óssea”, informa Tânia.
Além disso, a professora conta que os exercícios trabalham os músculos, mas não levam o aluno à exaustão. “Enquanto em uma aula convencional deve-se praticar três séries de 30, com o Mat Pilates, é uma série de 10. São praticadas menos repetições, mas com mais consciência, com mais perfeição”, destaca.”

“Exercícios de Mat Pilates podem definir abdômen em um mês

Uma barriguinha lisa é capaz de deixar qualquer figura mais harmoniosa, além de dar a impressão de um corpo mais esbelto. Quem está na empreitada de reduzir a circunferência abdominal pode recorrer aos exercícios originais de Mat Pilates (exercícios realizados no solo) que ativam a musculatura profunda do abdômen e, segundo a professora Eliane Coutinho, da FisioCiência, fortalecem e definem a barriguinha de forma rápida, equilibrada e sem sobrecarregar a coluna vertebral.
De acordo com a Eliane, cada exercício deve ter, no máximo, 10 repetições para prevenir lesões musculares. “A duração é determinada pelo tempo da respiração de cada indivíduo. Por isso, quanto mais longa for a expiração, maior será o tempo de execução da atividade”, diz.
Ao contrário dos tradicionais exercícios abdominais que devem ter intervalo de 48 horas para um melhor resultado, este pode ser praticado diariamente. “Quanto maior a frequência, mais rápido se desenvolve a força e a definição muscular”, diz Eliane.
 “Após 30 aulas já se obtém uma mudança visível no corpo, promovendo também uma melhora na postura do aluno”. A profissional cita o criador da técnica, Joseph Pilates “‘vocês se sentirão melhores em 10 aulas, parecerão melhores em 20 aulas e terão um corpo novo em 30 aulas’”.
O objetivo do pilates é promover força e flexibilidade muscular através de exercícios de equilíbrio neuromuscular, ou seja, no final do treinamento o individuo terá músculos fortes e alongados. Mas estudos apontam que os exercícios também ajudam a perder peso. “Já existe estudo que mostra o efeito do Mat Pilates na redução do percentual de gordura e da diminuição da obesidade. Assim, esse método também poderá ser usado para redução de peso”, conclui Eliane.


“O que o Pilates faz com o meu corpo?


  • Melhora o bem estar: Uma das primeiras coisas que aprendemos ao praticar o Pilates é a respiração, já que a respiração é parte fundamental da realização de todos os exercícios do Pilates. Ao aprender respirar corretamente você irá melhora o sistema circulatório, o que oxigenará melhor os tecidos e trará bem estar às células do organismo. Isso resulta em uma maior capacidade de relaxamento, melhora do estresse e melhor controle da pressão arterial.
  • Melhora a postura: Muitos exercícios do Pilates, visam o desenvolvimento saudável da sua coluna. Existem inúmeros exercícios que trabalham a mobilidade da coluna e fortalecimento dos músculos posturais. Isso com o tempo resulta em um melhro alinhamento vertebral o que, em outras palavras, significa melhor postura. Com melhor postura temos menos dores na coluna.
  • Equilibra a musculatura: Eu originalmente sou triatleta, e comecei a fazer Pilates (em especial o Mat Pilates) como uma tentativa de corrigir o meu desequilíbrio muscular e diminuir a minha incidência de lesões no esporte. Encontrei, especialmente nas aulas de Mat Pilates de minha professora (e também namorada) Francini Zanovelo, exercícios naturais e desafiadores que desenvolveram meus músculos apenas usando o peso do meu corpo, já que para o meu nível de desenvolvimento, ainda não usamos acessórios para aumentar a resistência do exercício apenas acessórios para melhorar minha execução de alguns exercícios. O Pilates desenvolve os músculos de uma maneira mais funcional, trabalhando muitas vezes vários músculos de maneira coordenada. Na minha opinião isso gera um corpo mais forte e melhor execução de movimento no meu esporte.
  • Melhora o Alongamento: A prática de Pilates melhora a flexibilidade dos praticantes o que diminui dores e tensões desnecessárias. Deixando o corpo mais ágil e funcional. Para alguns isso significa melhores movimentos para outros pode ser apenas recuperar a habilidade de calçar sapatos e enxugar as costas.
  • Barriga Chapada: Muita gente se mata de fazer exercícios abdominais na academia e não consegue os resultados que deseja. Uma barriga chapada é uma das consequências do treinamento de Pilates. Em quase todos os exercícios do Pilates utilizamos contração dos músculos abdominais (especialmente os músculos oblíquos e transversos abdominais), de maneira a manter uma postura correta. Isso no contexto do treinamento, permite que os músculos se desenvolvam naturalmente e resultem numa barriga mais chapada e harmoniosa.
  • Pilates Acalma e Energisa: Treinar Pilates ajuda a acalmar e aliviar o estresse, pois para realizar corretamente os exercícios é preciso se desconectar dos pensamentos e concentrar-se apenas no movimento e na respiração. Isso ao final da aula faz com que eu me sinta mais calmo e disposto.”

Postar um comentário