“Não Recebeis Porque Pedis Mal…”

Creio que você já leu esta passagem muitas vezes, verdade? Também creio que você já fez perguntas como:
·                                 Onde está Deus quando peço para pagar aquela dívida, mas ela continua lá? Pior, ela cresce a cada mês…
·                                 Onde está Deus quando peço um carro, mas mal consigo pagar a passagem de ônibus o mês todo?
·                                 Onde está Deus quando quero parar de depender dos meus pais, mas ganho tão mal que nem consigo me vestir direito?
Vamos ver esta passagem numa tradução mais atual:
“… Vocês não têm, porque não pedem. Quando pedem, não recebem, pois pedem por motivos errados, para gastar em seus prazeres.” (Tiago 4:2-3)
Se você está no Desafio 2014 com Dinheiro, já preparou sua lista do que quer que se cumpra ainda este ano e também no ano que vem. Então, medite nas questões abaixo e veja se o que você está pedindo tem os motivos certos. E mesmo que você não esteja no Desafio, creio que a resposta para esse “silêncio” de Deus, pode estar nesta análise que vou propor que você faça o quanto antes.
Você, mais do que ninguém, conhece seus pensamentos mais íntimos, aqueles que você não tem coragem nem de comentar com ninguém. Só você e Deus conhecem, o diabo não tem acesso aos seus pensamentos. O máximo que ele faz é soprar suas ideias, mas ele não sabe o que há dentro de você. Então, não adianta querer esconder nada de Deus, seja sincera e responda:
·                                 Será que em vez de pagar a dívida para dar um bom testemunho, você não quer, lá no fundo, “jogar na cara” de alguém que não deve nada a ninguém?
·                                 Será que em vez de querer um carro para testemunhar a grandeza de Deus, você não deseja apenas “esfregar na cara” daquela pessoa que disse que você não seria nada na vida?
·                                 Será que, em vez de você querer que seus pais fiquem orgulhosos por você ter alcançado a independência, você quer mesmo é poder dizer “não preciso mais de vocês?”
Lembre-se que nós somos apenas instrumentos nas mãos de Deus para que o reino Dele seja estabelecido aqui na Terra. Quando Ele nos dá algo, sempre será para a Sua glória e não para a nossa. Nunca devemos nos orgulhar de nada, pois tudo o que temos (e o que viermos a ter), sempre será pela misericórdia Dele. Deus nos ama tanto que jamais vai nos dar algo para o nosso mal. Reflita nisso e, em vez de mudar a sua lista de desejos, mude as suas intenções.



Postar um comentário