Submeta-se ao Oleiro


“Gosto da história sobre um casal que foi a uma loja de antiguidades certo dia e encontrou uma linda xícara de porcelana na prateleira. Eles a tiraram da prateleira para vê-la mais de perto e disseram que gostariam muito de adquirir aquela xícara maravilhosa.

De repente, a xícara começou a falar: “Eu nem sempre fui assim. Houve um tempo em que não passava de um monte de argila fria, dura e sem cor. Um dia meu mestre me pegou e disse que poderia fazer algo comigo. Ele então me deu um tapinha carinhoso, trabalhou em mim e mudou meu feitio. Eu perguntei, ‘O que você está fazendo? Isso dói. Eu não sei se quero ficar assim! Pare!’ Mas ele disse, ‘Ainda não’. Ele então me colocou no roda e começou a girar até eu gritar, ‘Tire-me daqui, estou ficando tonto!’ ‘Ainda não!’ foi a resposta. Ele então me fez no formato de uma xícara e me colocou no forno. Eu gritei, ‘Deixe-me sair! Ele está quente aqui, estou sufocando.’ Mas ele olhou para mim pela janelinha de vidro e disse com um sorriso no rosto, ‘Ainda não’”.

“Quando ele me tirou de lá, achei que tinha acabado de operar sua obra em mim, mas então ele começou a me pintar. Eu não podia acreditar no que estava por vir. Ele me colocou no forno de novo, e eu disse: ‘Você tem que acreditar em mim, eu não aguento isso! Por favor, tire-me daqui! Mas ele disse, ‘Ainda não’. Ele finalmente me tirou do forno e me colocou na prateleira e achei que tinha se esquecido de mim. Então, um dia, me pegou da prateleira e me pôs diante de um espelho. Eu não podia acreditar nos meus próprios olhos: eu havia me transformado numa linda xícara de porcelana que todo mundo quer comprar”.

Talvez passemos por certas coisas na vida que não entendemos. Mas quando finalmente chegarmos à condição na qual Deus quer que estejamos, veremos que aquilo nos preparou para o que Deus queria de nós o tempo todo.”

Joice Meyer

Postar um comentário