CUIDE da sua mente e atitudes

Resultado de imagem para filipenses 4.8  Resultado de imagem para filipenses 4.8




“Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; então, pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não contaminar-se.” Daniel 1:8

Nós estamos neste mundo mas não fazemos parte dele e não podemos nos deixar influenciar  por ele.

Agora imaginem Daniel, um jovenzinho chegar num palácio, a reação normal seria ” vou aproveitar tudo que tem aqui” “vou comer de tudo, provar, viver o que nunca vivi”,  isso seria o pensamento normal de qualquer ser humano recebendo uma oportunidade de destaque, e de conviver com pessoas importantes e influentes, mas ele não era comum, sua fé estava acima de qualquer deslumbramento deste mundo.
Porque se negou a comer do banquete do rei? Não era porque não queria comer bem, mas porque eram animais condenados pelos judeus, e ele obedecia, não queria ir contra a lei de Deus, decidiu não comer animais considerados imundos ou  até mesmo oferecidos a outros deuses.

Daniel resolveu firmemente, que significa de maneira contundente, ou seja sem espaço para discussão, sem volta atrás, não haveria maneira de convencê-lo.
Ou seja, ele decidiu não se influenciar por uma nova cultura, costumes pagãos, em outras palavras ele decidiu:

- preservar a identidade de Deus (mesmo estando num país diferente e com pessoas que serviam outros deuses)
- se manter afastado das coisas impuras
- guardar a fé e a boa consciência
- obedecer a Deus em tudo
- e desse modo manter a sua comunhão com Deus

E tudo isso porque ele vivia e andava no espírito, como falei no texto anterior, por isso tinha discernimento espiritual, não se deixava iludir com o que seus olhos estavam vendo ou desejar aquela vida de luxúria e bem estar, seu pensamento jamais fugiu do seu objetivo, ele nunca esqueceu quem era e a quem pertencia.

Devemos ter cuidado, pois as vezes se não estamos atentas vem o pensamento:  “Qual é o problema, não tem nada de mais”, “ Não vejo mal nenhum nisso, é normal”, coisinhas sorrateiras que querem desviar nosso foco e quando vemos já fomos contaminadas.

São as tais coisas más que vêm disfarçadas de boas, são nocivas, mas a primeira impressão é que são inocentes, mas lá na frente trazem consequências desastrosas.



Postar um comentário