Eis-me aqui, Senhor!

"Bem-aventurados os pequenos, bem-aventurados aqueles que choram, bem-aventurados aqueles que não são.

Nós vivemos numa sociedade onde só tem valor aquele que tem, aquele que é.

Onde só tem valor aquele que tem um nome, que tem dinheiro, que tem uma boa posição social.

E muitas vezes a Igreja do Senhor Jesus começa a entrar nos padrões dessa sociedade corrupta em que a gente vive.

Mas eu creio que é tempo de nós voltarmos os nossos olhos para o Senhor Jesus, e entendermos que o evangelho de Jesus é tão contrário a esse mundo, ele anda na contramão, ele anda pra um lugar onde poucos estão andando, ele diz "bem-aventurados os pobres de espírito", o pobre é aquele que não tem nada, não tem nada em que se fiar, não tem nada pra se segurar.

O pobre de espírito é aquele que tem consciência de que a única coisa mais preciosa que ele tem é o Senhor Jesus. Bem-aventurados, felizes são aqueles que não são, aqueles que reconhecem que precisam de Deus, precisam de Jesus, que sem ele não podem fazer coisa alguma.

Se você é um desses que quer ser encontrado pelo Senhor nessa noite, levante suas mãos a Ele, e diga ao Senhor: "Senhor encontra-me, encontra-me Senhor".

Encontra-me nessa noite, encontra-me como um intercessor por esta geração, encontra-me como um adorador, encontra-me Senhor, e que todos saibam que o Senhor é Deus, aleluia."


Fonte: www.geracaodt.com/rio
Postar um comentário