LOVE HEALS - Seja um braço de amor





Amigos e seguidores do Blog Encorajamento,

Gostaria de convidar vcs a acessarem o site http://www.loveheals.com.br/ . É um projeto lindo que nasceu no coração de Deus e as sementes foram plantadas no coração de uma amiga muito querida e seu esposo. Com nosso apoio essas sementes germinam e são frutos abençoando muitas crianças.

O LOVE HEALS atende alguns vilarejos muitos pobres na África e precisa de apoio financeiro para alcançar mais e mais crianças. No momento o projeto atende 78 crianças mas pode atender muito mais se vc apoiar contribuindo. Muitas pessoas acompanham, admiram, mas não fazem sua parte contribuindo. É importante apoiarmos, pois apenas a vontade deles de cuidar dessas crianças é insuficiente. A realidade de pobreza lá é imensa e jamais poderíamos achar que nossa oferta é tão pouca que em nada os acrescentaria.

Então querido amigo, se esse projeto te chamou a atenção, se acendeu uma chama no seu coração, se comprometa em contribuir. Não fique apenas na admiração.

Se pode contribuir com um valor alto, ótimo! Mas se você só pode contribuir nesse momento com um valor pequeno (aos seus olhos), saiba que este somado ao de outra pessoa, ajudará uma ou mais crianças.

O projeto cuida da alimentação dessas crianças e da saúde também pois além da desnutrição o local tem alto índice de malária. Recentemente as crianças receberam roupinhas, pois usavam a mesma todos os dias, e ganharam sabonete, coisa que nunca usaram até então, e até aprenderam a tomar banho. 

Eu SUPER CONFIO nos idealizadores desse lindo trabalho e se você curtir a página deles (http://www.loveheals.com.br/), poderá acompanhar sempre tudo o que eles fazem de forma transparente em cada campanha e se sentirá sempre motivado, vendo o quanto sua oferta contribuiu para cada alvo.

FAÇA PARTE ! SINTA-SE INCLUSO SENDO UM BRAÇO DE AMOR.
Você tem seu planejamento mensal de contas? Inclua o LOVE HEALS. Transfira ou deposite, se achar melhor faça isso no cartão através do pagseguro, mas faça!

DEPÓSITO / TRANSFERÊNCIA ITAÚ
AG. 0742
C/C 58348-7
CPF 224984568-99 JESSICA ADELINO

DEPÓSITO / TRANSFERÊNCIA BANCO DO BRASIL
AG: 3082-1
C/C 31.029-8
NAYARA MONSORES

OBS: A cada depósito / transferência tanto no Itaú quanto no B. Brasil por favor envie um e-mail para jessicaadelino@hotmail.com com o comprovante ok?

----
QUEM PREFERIR POR CARTÃO DE CRÉDITO O ÍCONE DO PAGSEGURO ESTÁ NO SITE http://www.loveheals.com.br/

Um grande abraço.
Juliana Meni

Exerça o verbo AGRADECER a Deus diariamente por cada detalhe

voce-importante-para-deus-1424959576


“Registra, tu mesmo, o meu lamento; recolhe as minhas lágrimas em teu odre; acaso não estão anotadas em teu livro?” (Salmos 56:8)

Jesus nos ensinou a orar do modo seguinte: “Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia” (Mateus 6:9-11). Nesse modelo para toda oração, Jesus está na verdade dizendo: “Quando vocês orarem, sempre reconheçam a grandeza de Deus. Orem pela vontade de Deus, e orem pela providência de Deus”.

Então, quando oramos “Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia” estamos, na verdade, reconhecendo que tudo o que temos vem de Deus.

Disto é que precisamos nos lembrar: Deus pode cuidar de nossas necessidades. Você crê que Deus possa cuidar de você, mesmo quando as probabilidades são contrárias? Talvez você trabalhe muito. Talvez você poupe seu dinheiro e o invista sabiamente e esteja muito bem. E talvez você diga: “Bom, sei que veio de Deus, mas eu fiz a minha parte.” Não, veio tudo de Deus. A habilidade de pensar com clareza veio de Deus. O batimento de seu coração veio de Deus. O sangue correndo em suas veias veio de Deus. Tudo o que você tem vem do Senhor, inclusive as roupas que está vestindo, o carro que você dirige, a casa em que vive e os dons espirituais e talentos que talvez você tenha.
É tudo do Senhor.

Então, quando oramos “Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia” estamos reconhecendo que tudo o que temos vem de Deus. E também estamos dizendo que tudo de que precisarmos no futuro virá de Deus.

Se algo é importante para você, é importante para Deus. Se perturba você, é um assunto de Deus. Então, leve isso até Ele. Ele se interessa por detalhes.

Com amor em Cristo,
Juliana M. Gualter.


fonte:

Jovem com uma missão no RJ



Já se passaram praticamente seis meses desde que cheguei aqui no Rio de Janeiro. À você caro leitor que não recebeu minhas cartas anteriores, no início do ano eu “embarquei” na vida missionária, através de uma instituição chamada JOCUM – Jovens Com Uma Missão –, que visa treinar jovens dispostos a trabalhar em locais precários, e propagar o evangelho por meio disso. Foram muitas experiências vividas até aqui, e é um prazer poder escrever à vocês.

Após a ETED – Escola de Treinamento e Discipulado, que é o curso de iniciação –, agora estamos na escola CER – Crianças em Risco –, que busca mobilizar, equipar, e habilitar pessoas para que possam alcançar e impactar crianças e suas famílias em situação vulnerável. Tem sido gratificante continuar o trabalho já realizado nos meses anteriores, mas agora, com mais intensidade.


Como eu sinto Deus? 


Segunda feira, por volta das oito horas da noite, o nosso grupo da JOCUM juntamente com pessoal da Unidade Jovem, estava entre a Barra da Tijuca e o Recreio, no posto doze da praia, próximo ao terreirão. Tínhamos uma célula no local, realizamos teatros, louvores, e foi um momento muito único. Até que Leoni, uma criança que estava andando de skate com seus amigos na pista, fez uma pergunta extremamente intrigante a nós: Como eu sinto Deus? A princípio foi algo bem impactante, vir de uma criança uma pergunta tão complexa, mas ao mesmo tempo simples, algo bem diferente do habitual. Explicamos para ele e seu amigo Caio como é  “sentir Deus”, e como ele age em nossas vidas, mudando nossas atitudes no nosso meio de convívio, o amor ao próximo, e como podemos acreditar em um futuro melhor com Jesus. A conversa foi muito interessante, e eles decidiram aceitar a Cristo em seus corações. As vezes menosprezamos as crianças, e sempre criamos paradigmas para não chegar a elas, e mal lembramos que elas são o futuro da sociedade, e não só isso, possuem uma singularidade ímpar, ansiando por carinho e atenção.




Família é favela, favela é família, aqui... a realidade não é tão bela! 

"Moro na favela, cinco de julho, não tenho inveja de nada e nem um pouco de orgulho.
Só quero uma vida digna, para ofertar a meus filhos, assim não vão para o mundo do crime e sim caminhar nos bons trilhos. Me corta o coração, quando minha filha estende a mão querendo algo pra comer, e nem tenho um pedaço de pão. Quando a fome se aproxima, é então que fico calado, entro em desespero, mas não fico igual à um abobado. Vejo meus vizinhos almoçando e se alimentando e eu pobre inútil caído e quase parando. Assim eu não aguento me ponho a chorar, tristeza, tristeza de não se acabar. É, mas esta história não termina com o final feliz, como os contos de fadas, e sim termina com a sentença de um juiz. Só fica o sonho de tudo mudar de ter um emprego pra me ajeitar. E aqui eu continuo sem trabalhar, com fome a passar e ter que esperar, um emprego chegar!" - 
"Ednei Fagundes"

A realidade da favela não é algo agradável, e é muito visível a sociedade, principalmente no Rio De janeiro. Tive a oportunidade de vivenciar isso por três semanas, morando na comunidade do Acari, uma favela ainda não pacificada, dominada pelo tráfico. Mesmo assim, diante a todos esses contras, encontrei uma família lá, crianças fantásticas, e um amor diferente de tudo que já recebi. Foram várias experiências, e não consigo destacar apenas uma à vocês. Conversas com os meninos do tráfico, poder cantar com eles e falar do amor de Cristo, foi uma das coisas mais marcantes. O saldo positivo foi saber que uma semana após deixar o local, três traficantes deixaram seus postos, e agora estão fora de uma vida que só leva a um caminho: A morte. Não só eles, mas crianças foram impactadas naquele lugar, e poder ver na simplicidade o modo como elas te veem como um exemplo a se seguir, tudo isso é o que me move a continuar. Bandido bom não é bandido morto, e criança que é influenciada para o "mal", também pode ser influenciada para o bem, basta você acreditar nelas... 



                                                          Família Acari! 


"Ô tio, fala marrrrcar..." 

Domingo, dia 19 de junho, e mais uma vez a simplicidade e alegria dos "guris" cariocas me impressionaram. Ao sairmos pela manhã cinzenta no bairro do Rocha, encontramos um conjunto habitacional que se chama Carioca. Mais uma vez, nosso grupo da JOCUM buscava encontrar crianças. Com um violão na mão, uma história na ponta da língua, o objetivo era poder alegrar e trazer um pouco de luz à elas em uma realidade tão pesada. Foi aí que encontramos uma quadra de futsal, onde havia muitas crianças jogando. Então, sem hesitar, entramos já chutando a bola, dando olé, falando a linguagem da criança. No começo eu percebi a resistência dos mais velhos, mas após jogarmos um pouco, já estavam todos enturmados. Um garoto em específico, percebeu meu sotaque puxando o "R", e toda hora pedia "Ô tio, fala marrrrcar", e era algo tão simples, mas criou um laço muito legal com ele. A carência dessas crianças as vezes me assusta, e ver como só dar atenção a elas, proporciona uma felicidade imensa.
Após jogarmos um pouco, reunimos todos, cantamos, oramos, e também ouvimos um morador da comunidade falando da necessidade de ter um programa que tire essas crianças da ociosidade, que ensine o caminho, não deixando elas ingressarem no mundo das drogas. Algo que ele falou direcionado as crianças me marcou muito: "O tráfico é a realidade de vocês, é algo normal, corriqueiro, vocês nascem inseridos dentro desse contexto, acreditando que ser o gângster da comunidade é ser alguém na vida. Mas vocês podem mudar isso, estudando, batalhando, não optando pelo caminho mais fácil." Após todo esse momento de reflexão, um por um foi falando um pouquinho de sua vida, e em seguida, nos divertimos com uma boa pelada de bola. Muita vezes achamos mais cômodo não nos envolver em projetos sociais, ou criarmos um, mas não hesite em agir, saiba que o mundo carece disso, carece de Jesus Cristo ser o herói e inspiração.


Ação de Graças

Eu não tenho palavras para agradecer a você caro leitor, que tem me ajudado com suas orações, ofertas, pois todo trabalho é voluntário aqui, e literalmente tenho vivido pela fé. Que Deus continue abençoando você a cada dia mais, conto com sua ajuda sempre, e podem contar com a minha também. Que após ler alguns relatos aqui, você possa ser abençoado como eu fui vivenciando cada experiência aqui, e isso faz com que você se torne parte de todo esse trabalho.

Um grande abraço e com muito carinho,

Jean Marc               

INFORMAÇÕES: 
Meu nome é Jean Marc, nasci em Guiné-Bissau, mas vim para o Brasil ainda pequeno. Meus pais eram missionários da JOCUM - Jovens Com Uma Missão, uma organização missionária sem fins lucrativos - e agora tenho seguido o mesmo caminho desde o início do ano de 2016, aqui no Rio de Janeiro.

                      Para doações e ajuda ao Jean:                 
Banco Bradesco: 0343-3
Conta Corrente: 0163881-5
Em nome de Jean Marc
Telefone para contato: 
WhatsApp: (49) 9819-3623
Contato RJ: (21) 98795-5426

Email: 
jyan_marc@unochapeco.edu.br

Missões na Ásia


AMADOS,

SEGUE O VIDEO DE UMA MISSIONÁRIA QUERIDA QUE ADMIRO MUITO:
https://www.youtube.com/watch?v=JSOxJ2hrpG8

POR CAUSA DA PERSEGUIÇÃO RELIGIOSA NÃO DIVULGAREI O NOME DELA.

ASSISTAM ! A REALIDADE É BEM DIFERENTE DO QUE ESTAMOS ACOSTUMADOS...


---------

"Olá Amados!
Graça e paz!

"O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã" (Sl 30:5)

É com alegria que compartilho que estou totalmente recuperada da cirurgia cardíaca e de volta às atividades normais. Foram quase três meses de muito repouso, principalmente devido o corte no peito. Não podia caminhar longe, fazer esforço e muito menos levantar peso.

Semana passada, (01/06/16), fiz novos exames ... onde fui operada, pois fiquei de retornar no 3º  mês. Para minha grande alegria os médicos disseram que o coração está ótimo, inclusive a válvula mitral trabalhando perfeitamente. Deus seja louvado e muito obrigada pelas vossas orações! Meu cardiologista me liberou até para fazer academia se eu quiser, só não levantar peso, por enquanto. É muito bom voltar a vida normal, principalmente pra mim, que como dizem, 'tenho sangue nômade', rsrs.

Há duas semanas comecei a viajar para ministrar e divulgar nas igrejas sobre o meu ministério na Ásia. Comecei em Balneário Camboriú, depois Joinville, Curitiba e agora estou em MG, onde passarei um mês, então adentro o Estado de SP, RJ, DF, RS, PR, etc. Tenho uma agenda longa pela frente, mas estou me cuidando bastante. Assim que percebo o “sinal vermelho” paro, descanso! Em outubro retorno para mais exames do coração em Curitiba, pois os médicos querem me monitorar. O próximo exame será somente no ano que vem.

Tenho tido um tempo muito bom de ler a Palavra de Deus e orar, com isso o Senhor tem me restaurado muito espiritualmente e me dado direção clara sobre os próximos passos que preciso dar, inclusive no meu retorno para a Ásia, que será em janeiro.

“Eu sou o Senhor, o teu Deus, que te ensina o que é útil, e te guia pelo caminho em que deves andar.”  (Is. 48:17)

MOTIVO DE ORAÇÃO:
·        Pelo meu tempo de ministração e divulgação nas igrejas;
·        Que Deus continue me dando saúde e disposição para fazer a Sua obra;
·        Oramos nesses 30 dias de oração pelo mundo muçulmano, (06 de junho a 05 de julho, para que conheçam a Cristo... “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” (João 8:32).

GRATIDÃO:
·        A Deus pela minha completa recuperação;
·        E a cada um de vocês que tem orado e contribuido pela minha vida e ministério.


CONTRIBUIÇÕES:
B. DO BRASIL
AG 1443-5
C/C 20417-X
(Maria de Lurdes Aroldi)
CPF: 660.796.169/04


B. BRADESCO
AG: 0049-3
C/P: 1007139-9
(Maria de Lurdes Aroldi)
CPF: 660.796.169/04

PAIS & MÃES, LEIAM !


MÃES & PAIS, leiam e releiam este versículo quantas vezes for necessário e percebam a grandeza da responsabilidade que vcs possuem para com seu filhos...


"Os teus filhos edificarão as antigas ruínas; levantarás os fundamentos de muitas gerações e serás chamado reparador de brechas e restaurador de veredas para que o país se torne habitável" Isaías 58:12


Este versículo é profético! ENSINE seus filhos nos caminhos do Senhor desde pequenos, e CAMINHE JUNTO com eles, pois assim verão que as instruções que receberam não são apenas teoria, e que possuem grande valor na prática. Assim seus filhos verão em vcs um exemplo de pessoa que vive a Verdade, a Justiça, o amor ao próximo e tantos outros ensinamentos de Jesus.

Ju Meni


Tome alguns cuidados para que seu CASAMENTO não seja abalado

Resultado de imagem para deu ruim

INTRODUÇÃOMuitas vezes um casamento vai bem, e acaba abalado por causa de um relacionamento inesperado com uma terceira pessoa.

Começa de maneira inocente e agradável, torna-se cada vez mais envolvente. Por fim, traz complicações e desgraças para muita gente.

Não foi um acidente ou “um grande amor que surgiu”. Foi um relacionamento do qual o casamento deveria ter sido protegido.

Não seja ingênuo, pensando que isto só acontece com os outros. Muita gente boa já caiu exatamente por ser ingênua assim. Lembre-se da 1ª Carta de Paulo aos Coríntios 10.12. Por isso, proteja seu casamento... Eis algumas dicas.

1. TENHA BOM SENSO COM SUAS COMPANHIAS


Evite gastar tempo desnecessário com alguém do sexo oposto. Muitos casos surgem por não se agir assim. Um executivo precisa de aulas particulares de inglês, e contrata uma jovem professora. Contrate um homem. Não significa que cada contato com alguém do sexo oposto seja porta para adultério. Significa evitar oportunidades para cair. Companhia contínua cria intimidade. Intimidade com o sexo oposto traz problemas.


2. TOME CUIDADO COM CONFIDÊNCIAS: 



A pessoa mais íntima de alguém deve ser seu cônjuge. Segundo a Bíblia, são “uma só carne”, isto é, uma só pessoa. Se há aspectos de seu relacionamento que você não pode compartilhar com esposa (a) e compartilha com alguém do sexo oposto, a coisa está ruim.

As pessoas tendem a se solidarizar com quem sofre, e a proximidade emocional se torna perigosa. Um homem que se queixa de sua esposa para outra mulher está traçando um caminho perigoso.

Isto vale para quem faz e para quem ouve confidências.

3. EVITE MOMENTOS A SÓS
Decida não ter momentos privados com alguém do sexo oposto. Se um(a) colega de trabalho pedir para ter um almoço com você, convide uma terceira pessoa. Se necessário, não se constranja em compartilhar os limites que você e seu cônjuge concordaram ter no seu casamento.

4. VIGIE SEUS PENSAMENTOS
Cuidado com o que pensa. Se você só se detém nos defeitos de seu cônjuge, qualquer outro homem ou mulher parecerá melhor. Faça uma lista das coisas que inicialmente lhe atraíram em seu cônjuge. Aumente o positivo e diminua o negativo.

Evite filmes, conversas, sites e literatura que apologizam o adultério. Lembre de Colossenses 3.2.

5. EVITE COMPARAÇÕES
Um homem trabalha com uma mulher perfumada, maquiada, bem vestida. Em casa encontra a esposa, com criança no colo, cabelo desfeito, banho por tomar.

Uma mulher encontra um homem compreensivo com quem pode se abrir, e se sente mais à vontade com ele que com o esposo.

Ignoraram situações e contextos diferentes. Foram iludidos pelo irreal. Lembre do pródigo: o mundo lhe era fascinante, mas terminou num chiqueiro. As aparências iludem, porque o mundo em que vivemos em casa é o real. O mundo de relacionamentos fora de casa é sempre artificial.

6. EVITE A SÍNDROME DO RETORNO
É a ideia de que a vida sentimental e sexual caiu na rotina, e agora, a pessoa “renasceu”.

Já vi inúmeros casos assim: “Eu renasci”, ou “Eu me senti jovem, de novo”. Não banque o adolescente. Você é um adulto com responsabilidades e com uma pessoa com quem partilha a vida. Construa sua vida com seu cônjuge.

Se sua vida conjugal se “fossilizou”, há outros caminhos. Revigore-a com seu cônjuge. Há pessoas que sempre se fossilizam e pulam de relacionamento em relacionamento, procurando o que não produzem. Temos o que produzimos.

7. PONHA SEU CORAÇÃO NO SEU LAR
A solidez do casamento vem pelo tempo que os cônjuges gastam juntos. Conversas, risos, passeios, programas comuns. Se você não sai com seu cônjuge, marque datas para os próximos meses. Vocês devem ter um ao outro como o melhor companheiro. Mantenham o clima de namoro: querer estar junto com a pessoa.

Orem juntos. Dificilmente duas pessoas que oram juntas brigarão entre si. Sejam parceiros espirituais.

8. INVISTA EM SEU CÔNJUGE
Uma boa esposa é um bom tesouro (Pv 18.22). De bom tesouro, cuida-se, e evita-se perdê-lo.
Marido: mulher bem tratada é um grande investimento. O retorno emocional é garantido.
Mulher: marido bem tratado é um grande investimento. O retorno emocional é garantido.

9. BUSQUE AJUDA
Havendo problemas, busque ajuda. Primeiro em Deus. Lembre-se de Tiago 1.5.;

Busque orientação de pessoas mais experientes. Evite que o problema se avolume;

Evite conselhos de gente que não tem o que dizer. Os amigos de Roboão lhe deram maus conselhos (1 Rs 12.6-12). Nesta busca de ajuda, evite por mais lenha na fogueira.
E evite também a raiz de amargura (Hb 12.15). Busque ajuda e não um juiz a seu favor.

CONCLUSÃO
Bons casamentos não acontecem por acaso. São produto de muito trabalho e da graça de Deus.

Boa parte do trabalho é investimento emocional no relacionamento conjugal.

Mas investir sem proteger é problemático. É preciso levantar cercas contra os problemas externos, porque os internos são mais vistos e os dois os vivenciam.

Não permita brechas.
Não dê armas ao inimigo.

Atenciosamente,
Evangelista Alexandre Nunes

Música de boa qualidade !

Amigos, amo essa dupla e gostaria de compartilhar com vocês. Amo a voz deles, o estilo musical, as letram ministram ao meu coração de forma profunda, e sinto verdade naquilo que eles cantam.

Alex & Alex: https://www.facebook.com/alexealexoficial

http://www.alexealex.com/

Resultado de imagem para deus fala comigo

Lá vai !

Video

ABRA SEU CORAÇÃO !


Amados,
Gostaria de compartilhar com vocês a necessidade de apoio ao Abrigo Evangélico de Pedra de Guaratiba ( Rua Belchior da Fonseca, 165 - Pedra de Guaratiba - Rio de Janeiro - Tel: (21) 2417-1724 / 8007 ).
Lá não tem crianças órfãs. É um abrigo de crianças (0 a 2 anos) cujos pais em sua maioria perdem a guarda por algum motivo, e vão para lá por intervenção judicial.
Muitas vezes achamos que não temos responsabilidade com essas coisas por acharmos que o próprio Estado/Prefeitura deveriam arcar com a responsabilidade. Mas já que isso não acontece, vamos fazer a nossa parte!
Aqui no site deles diz o que eles precisam: http://www.abrigopedradeguaratiba.org.br/necessidades.html
Ofertas:
Banco Bradesco: Agência: 1700-0 C/C: 23997-6
Banco do Brasil: Agência: 0392-1 C/C: 306924-9

Deixo para reflexão:
Provérbios 14:21: "Quem despreza o próximo comete pecado, mas bem-aventurado é quem trata com bondade todos os necessitados!"
Provérbios 28:27"Quem dá aos pobres não passará necessidade, mas quem fecha os olhos para não vê-los sofrerá muitas maldições."

Um abraço.
Juliana Meni