Restaurando a prática da Oração

Publicado em novembro 14, 2012 por paullasanchez
A santificação da oração
Às vezes imagino, olhando para a realidade de tantas igrejas e o passado de tantas pessoas, que o maior problema hoje não é a falta de oração, no sentido de quantas vezes oramos ou quanto tempo demora nossa oração, isso realmente não é o pior, mas o mau uso da oração. Não é fácil orar de maneira aceitável a Deus. E isso não tem a ver com ser eloquente, recitar versículos mas, tem a ver com nossa verdadeira motivação. Nos Evangelhos os discípulos pedem: “Senhor, nos ensine a orar…” Lc 11:1-2. Em Romanos também: “O Espírito nos ajuda em nossas fraquezas porque não sabemos orar como convém.” Rm 8:26. A primeira atitude, como sugestão seria santificarmos nossas orações. Algumas coisas que talvez sejam interessantes nesse aprendizado:

·             Arrependa-se das motivações erradas que te fizeram orar, dos pedidos baseados em desejos carnais, em orações contrárias à vontade de Deus ou sem interesse em saber o que Ele queria a não ser a sua própria vontade. Arrependa-se por não considerar a oração necessária ou considerar o cansaço e outros compromissos até religiosos como prioridade para não tirar o tempo de oração. Arrependa-se por pedir a outros que orassem por você quando você na verdade estava acomodado e arrependa-se por não ter orado pelas pessoas que confiaram em suas orações.

·             Vamos orar em favor de maior intimidade com Deus: “Senhor, me dê a graça de te conhecer mais, abra meus olhos espirituais e me faça enxergar, crer mais, confiar mais, confessar mais, amar-Te mais, chegar mais perto de Ti, adorar-Te mais…

Em Cristo,
Ana Paula Sanchez

Postar um comentário