Seja canal de Deus ajudando outras pessoas a vencer









Queridos, hoje gostaria de compartilhar uma experiência pessoal que ocorreu em minha família. Minha mãe foi pra casa da irmã dela, e estavam todos lá reunidos, quando de repente se deram conta que meu priminho tinha sumido. Por questão de sigilo não direi o nome de nenhum dos envolvidos na história... Todos se desesperaram começaram a procurar e nada. Sem saber de nada liguei para a casa da minha tia pois eu precisava falar com a minha mãe e minha prima atendeu muito nervosa dizendo para eu ajudar em oração e então me contou o que tinha acontecido. Não questionei e logo apaguei o fogão, pois eu estava fazendo comida, e fui orar. Mas para honra e glória do nome do Senhor uma pessoa conhecida o encontrou dentro do bairro, apesar  de ser um local um pouco distante da casa deles. Ele tem apenas 4 aninhos e saiu com a intenção de ir atrás de seu pai que estava em frente a casa deles lavando o carro, mas como ele não o viu, foi andando achando que o pai tinha ido para outro lugar... ocorre que ele foi para a rua e ninguém viu, e quando perceberam que ele não estava em casa, todos se desesperaram e começaram a procurar. 

Muito obrigada Senhor, por ter guardado o seu filhinho, que desde o ventre foi escolhido por Ti. Profetizo sob a vida dele, que ele cresça não só em estatura, mas em graça e conhecimento da Tua Verdade. Que ele continue sendo carinhoso, e que assim ele seja com todos os que passarem por ele em todos os anos de sua vida. Que esta simpatia  seja um RICO instrumento para Tua glória Pai. Que ele seja um homem segundo o Teu coração, seja ganhador de almas para Ti, e faça a diferença nesta geração sedenta do Teu amor.

---------
Fazendo um paralelo com esta experiência, eu gostaria de fazer você pensar um pouco... Imagine que a mãe desta criança seja Deus, e esta criança seja um filho que um dia estava no centro da vontade dEle, protegido, guardado, mas que com o passar do tempo se perdeu, deixando-se envolver com as coisas do mundo, que aparentemente lhe eram boas e agradáveis. Achou que sozinho dava conta de seguir um caminho sem a direção do seu Deus, mas aí se perdeu.... Em sua perda, começou a perceber que não fez a melhor escolha em caminhar sozinho, que usou seu livre-arbítrio escolhendo uma direção errada, longe do “Lugar Seguro”. Percebeu que as conseqüências dessa escolha errada começaram a gerar insônia, culpa, dores na alma, lembranças de um passado melhor e mais seguro, etc. Mas agora esta pessoa se vê com uma vergonha tão grande que considera pior voltar atrás, e correr aos braços do Pai, que é de onde ele nunca deveria ter saído. 

Satanás lhe coloca um medo, uma vergonha tão grande, que só um grande milagre poderia levar essa pessoa de volta a Deus, face a guerra espiritual que a envolve. E aí sabe o que me vem a cabeça? Que Deus conta conosco para “encontrarmos” essa pessoa perdida, assim como aquela pessoa encontrou meu priminho na rua, reconheceu de onde ele era e o levou de volta para sua mãe.

Quantas pessoas nós conhecemos que outrora vimos servindo ao Senhor, eram bênção, ganhavam almas, discipulavam contribuindo na edificação de outras vidas, fazia a obra do Senhor com amor, e até nos eram referenciais, e hoje estão desfrutando dos manjares de Satanás, perdidas, sofrendo e pagando um preço que não precisavam estar pagando... Quantas dessas pessoas, quando vimos sua nova realidade, preferimos julgar, criticar, “tacar pedras” ao invés de aproveitarmos que o Senhor nos deu a oportunidade de ver a situação de delas, e tomá-las como alvo de nossas intercessões? E se essa pessoa fosse um parente, uma pessoa que amamos, não oraríamos por ela em tempo e fora de tempo? Por que não fazemos isso também com essas pessoas? Essa é uma reflexão que começa por mim, e não escrevo aqui somente para vcs leitores do Blog! Deus me cobra isso e me motiva a compartilhar isso também com vcs, porque o reino de Deus não é "oba oba" onde querermos a salvação para nós e nossa família, prosperidade, realização de nossas vontades, mas nos esquecendo que Deus quer que sejamos pessoas melhores, e impactadores desta geração. O que estamos fazendo pelo reino de Deus muito além das 4 paredes de nossa casa e da igreja que frequentamos?

Quantas vezes Deus nos permite ter notícias de alguém que se perdeu, e ao invés de nos lembramos de interceder por ela, fazemos críticas absurdas, não fazemos nada por ela, e muito menos pedimos ao Senhor que nos mostre de que forma podemos ser benção na vida delas, trazendo-lhes de volta ao caminho do Pai? 

Sua amizade pode fazer com que uma pessoa se sinta amada, e não excluída, e começa a dar crédito às suas palavras e atitudes, percebendo que ainda tem jeito para a vida dela. É o Espírito Santo que convence o homem do seu pecado e não devemos fazer isso "na marra", mas será que estamos pedindo ao Espírito Santo que nos revele de que forma podemos ser instrumentos para essas vidas, no dia-a-dia? Ou estamos achando que essa responsabilidade não é nossa, é dos outros ?









ESSA É UMA RESPONSABILIDADE PARA TODOS... SE VC NÃO TEM SENTIDO ESSA NECESSIDADE, CUIDADO, VC PODE ESTAR LONGE DE DEUS E NÃO PERCEBEU AINDA. PORQUE TODO AQUELE QUE VIVE A VIDA DE DEUS, NÃO TEM COMO NÃO PERCEBER A NECESSIDADE DE AJUDAR O SEU PRÓXIMO, COM O AMOR DO SENHOR...

É para pensarmos e mudarmos nossa atitude...
Paz...
Juliana Meni



Postar um comentário