Ensinar como Lóide


Ensinar como Lóide, que encheu a mente e o coração de Timóteo da letra e do Espírito das Sagradas Escrituras, tornando-o sábio para a salvação.

Significado do nome: Livre e virtuosa e encantadora. 

Quando estudamos a vida de Timóteo, pastor na equipe de Paulo, percebemos a presença e a influência de uma avó cristã. "Recordo-me da sua fé não fingida, que primeiro habitou em sua avó Lóide e em sua mãe, Eunice, e estou convencido de que também habita em você" (2Timóteo 1.5).

Timóteo nasceu numa família singular. Sua mãe, Eunice, era uma judia convertida e seu pai era um grego (provavelmente) não convertido ao cristianismo(Atos 16.1). Esse é um dado importante. Sua educação ficou a cargo de sua mãe e de sua avó.
Sem um pai convertido ou presente, as chances de Timóteo seguir a cultura paterna pagã deveriam ser maiores. No entanto, seu caminho foi outro: "Timóteo foi aprovado porque serviu comigo no trabalho do evangelho como um filho ao lado de seu pai" (Filipenses 2.22).

A vida de Timóteo nos ajuda a pensar no nosso papel nas pessoas a quem influenciamos. Lóide não entra aqui apenas por uma razão genealógica, mas por causa do seu papel. Muito provavelmente a fé cristã nasceu primeiro no seu coração; alcançou o de sua filha e adentrou ao do neto. Estamos diante de três gerações dedicadas ao Senhor por causa de uma pessoa dedicada.

Lóide foi uma mulher que recebeu das mãos do Senhor Eunice, sua filha.
Como uma mulher que amava o Senhor, ela legou à sua filha verdades espirituais que foram transmitidas às próximas gerações.
Para ela, filhos eram presentes que Deus lhe estava concedendo. Eles eram bênçãos do Senhor.
Falar das verdades bíblicas era para ela um prazer. Na verdade, ela estava preparando o coração de Eunice para ouvir as pregações do apóstolo Paulo que falaria de Cristo e das boas novas do evangelho.
Lóide soube transmitir a ela o seu amor, a sua fé e os seus valores.
Ela tinha tempo para Eunice.

Nós não podemos transmitir a outros aquilo que não temos em nosso coração.

Lóide foi uma mãe que tinha qualidades cristãs e por isso pôde transmitir a sua filha Eunice e a seu neto Timóteo a beleza do evangelho.

Você é vovó? é mãe?
Transmita a palavra de Deus aos seus netos e filhos.

Você não é mãe, não é avó?
Mas você tem um círculo de amizades, de influências.
No nosso viver diário, no nosso trabalho, por mais simples que seja, se somos cristãos, temos que transmitir o amor de Deus.
A nossa maneira de agir, reagir, ouvir e demonstrar preocupação com as pessoas que são colocadas por Deus no nosso dia, transmitem aquilo que está no nosso coração.


Para encher a mente e o coração de outros da letra e do Espírito das Sagradas Escrituras, a minha vida precisa estar cheia do Espírito Santo.
Mesmo aqui no mundo virtual, se quero ser uma boa influência, minha vida deve estar em ordem com Deus.

Esse é um assunto que merece um estudo mais detalhado, mas todos sabemos que com o avanço do mundo virtual, imaginamos que temos duas vidas, fakes, avatar,etc...
Uma virtual, outra real.
A fé não fingida de Lóide, era percebida em todos os momentos de seu viver.

Que toda a tua vida, seja uma boa influência para todos, o tempo todo.
Ensinar a Palavra de Deus deve ser o nosso mais ardente desejo, assim como foi o de Lóide!



Postar um comentário