Meu reino OU reino de Deus?

Trechos de uma linda ministração do Ministério Livres pra Adorar, no cd “Pra que outros possam viver”, cujo líder é Juliano Son.

“Pra que outros possam viver... é necessário morrer... pra que haja vida.” “Pra que a vida de Jesus seja revelada em nosso corpo. Pois nós que estamos vivos somo s entregues à morte por amor a Jesus.”

“Assim como a semente que não morre não germina. Assim como a semente que não morre é incapaz de gerar frutos, aquele que não morre é incapaz de gerar vida.” “Se a ordem é essa, porque é então que não vemos mais vidas sendo geradas... por parte daqueles que se dizem cristãos? Por que? Porque existe algo de muito errado em nosso meio: existe algo muito errado em meio àquilo que chamamos de evangelho do reino de Deus.


O evangelho é do reino de Deus, não um evangelho do reino dos homens... não um evangelho do seu reino pra você mesmo, para o seu próprio benefício, mas um evangelho do reino de Deus, para benefício do reino de Deus. E existe algo de muito errado pois estamos confundindo o evangelho do reino de Deus que é para Deus, ... e o povo, por falta de líderes que preguem o que o povo PRECISA ouvir e não o que o povo quer ouvir. O povo está adorando a outros bezerros de ouro. E o grande bezerro de ouro dos nossos dias é a “bênção”.


O grande bezerro dos nossos dias é a “vitória”, é a conquista, é o bezerro da prosperidade, é a saúde, é o MEU bem-estar, é o MEU conforto, é a MINHA, necessidade, é o MEU reino, é a MINHA vida. 7 passos pra alcançar a bênção aqui, 30 dias de jejum da vitória ali, 12 maneiras pra ser próspero um pouco mais adiante, e 318 formas pra você fazer aquilo que você quer que Deus lhe faça. Não importa se Deus quer fazer ou não, porque afinal, o modelo de Jesus “não seja feita a minha vontade, mas a Sua”, serve pra Jesus, serve pro Filho de Deus, não serve pra mim, não serve pra igreja. Quantos já foram à campanha do “negue-se a si mesmo”? Campanha dos 3 passos para morrer, campanha das 10 maneiras para amar o seu próximo como a si mesmo, ou campanha dos 40 dias de jejum pra que eu possa carregar a minha cruz.” “Por que não? Ora, porque não é isso que é importante ! Não é isso. Porque o importante é EU TER o carro do ano.



(Ironicamente...)

Porque o importante é eu ser abençoado. O importante é eu mostrar o quão abençoado sou. Preciso mostrar. Eu preciso mostrar, porque afinal de contas, se ando de carro importado é porque Deus me deu. Porque é muito mais provável que Deus está importado com o meu ego. Eu sou tão espiritual e abençoado, que é muito óbvio pra mim, que Deus está mais preocupado em colocar dinheiro nas minhas mãos, pra que eu possa comprar coisas caras e tolas, do que estar preocupado em colocar recursos sob os meus cuidados, pra que eu possa de alguma maneira aliviar a dor dos aflitos. Porque Deus é tão bom pra mim, Deus é tão sábio, Ele é tão misericordioso, que Ele prefere que eu tenha o meu 100º par de sapatos. Ele prefere que eu faça isso mais do que prefere que eu compre algumas marmitas pra dar a algumas crianças de rua. Porque o importante é eu encher o meu celeiro até onde der. O importante é o meu reino, é a minha justiça.


Eu trabalhei, eu suei, não foi Deus quem me abençoou, eu ganhei. É justo, eu trabalhei, é meu. Porque o importante é eu viver, e Deus que me livre de pensar em morte. Coisa negativa não é de Deus. O importante é eu viver como se não houvesse morte, pra que quando a minha hora chegar, eu venha a morrer como alguém que nunca quis viver.”




‘E chamando a si a multidão, com os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me.



Porque qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, mas, qualquer que perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, esse a salvará.



Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma?



Ou, que daria o homem pelo resgate da sua alma?’ Marcos 8.34-37




“Quem fizer de tudo pra garantir a sua vida neste mundo, não merecerá a vida no outro. E quem fizer de tudo para garantir a vida no outro mundo, perderá a sua vida neste. Perderá o controle da sua vida neste mundo. Quem viver de olho nos tesouros deste mundo, receberá somente o que este mundo é capaz de dar. Mas quem viver com os olhos fixos no tesouro eterno, este haverá de receber aquilo que a eternidade tem pra dar.”



“Você sabe porque você se recusa a regar-se a si mesmo, e entregar o controle da sua vida a Deus? PORQUE VOCÊ ESTÁ PENSANDO DEMAIS NESSA VIDA”..



“Onde estão os que pregam a Verdade?”



“Onde estão os mestres de Deus a gritarem ‘morram, morram’, pra viver ‘morram’, por amor a Cristo ‘morram’, por amar a Deus acima de tudo ‘morram’?”



“Enquanto muitos estão fascinados com mestres que ensinam a viver vida nesta vida, mestres que distorcem o significado de ‘vida em abundância’.



“Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina.



Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;



E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.



Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério.” II Timóteo 4.2-4
Postar um comentário