Sobre os momentos de “Apelo” e Batismo em nossas Igrejas

Olá queridos,

Desejo que a paz do Senhor Jesus seja mais que abundante na vida de vcs !
Gostaria de refletir com vcs sobre 2 situações importantes que ocorrem em nossas igrejas: o “apelo”, realizado geralmente após a ministração da Palavra (igrejas evangélicas), e também o batismo...

“Apelo” / momento de decisão


1) Sobre o uso da linguagem:


O “apelo” é um momento dedicado para que novos convertidos professem publicamente que aceitaram a Jesus como Único e Suficiente Salvador. É também um momento para que pessoas que estavam afastadas professem seu desejo de retornar aos caminhos do Senhor.

Algumas Igrejas chamam de “Apelo” ou “momento de decisão. Eu particularmente prefiro me referir a esse momento, como “decisão” ou “convite” pois nem sei por que motivo chama-se “apelo”, já que essa palavra vem de “apelação”, e a Palavra de Deus nunca foi apelativa.

Outra coisa que não acho legal é pegarmos a pessoa “pelo braço”, para que ela vá à frente proferir que está tomando sua decisão de uma nova vida com Cristo. Entendo que existe grande batalha espiritual para que tais pessoas não tomem essa decisão mas devemos ter cuidado com isso, para não atrapalharmos ao invés de ajudarmos.. Se a pessoa quiser tomar a decisão e estiver com vergonha de ir sozinha, podemos acompanhar. Mas se a pessoa estiver resistente, podemos dar uma palavra de motivação, se houver essa direção do Espírito Santo, e interceder por ela, mas no meu ponto de vista não devemos obrigá-la, pegando pelo braço e levando ao altar. Repito que a palavra de Deus não é apelativa. Até porque, a pessoa pode até ir, mas não gerará mudança interior.

Tudo o que Jesus fez e nos ensina tem base no amor, e não na obrigação. A própria Bíblia nos diz que Deus procura verdadeiros adoradores e não seguidores que vivem religiosamente, sem saber ao certo o que estão fazendo.

A linguagem faz toda diferença e a forma como esse momento tão importante é feito, também faz diferença.

2) Como você se sente quando alguém decide viver uma nova vida com Cristo, no momento de decisão?


Passe para observar isso quando você estiver em sua igreja. A Bíblia diz que o céu faz festa quando um pecador se arrepende. Será que você fica alegre quando alguém toma essa decisão, ou isso não te sensibiliza ?

Se pararmos para pensar, quando alguém que amamos aceita ao Senhor ou se reconcilia, nos alegramos muito, e devemos nos lembrar que sendo alguém conhecido ou não, há festa no céu.

Acho muito legal quando alguém toma essa decisão e a igreja intercede por tais pessoas, mesmo que o dirigente ou Pastor não solicite isso. É importante lembrarmos que um dia tivemos essa experiência e com apoio de oração e de palavras de encorajamento as coisas fluem bem melhor...

Batismo:

O batismo também é um lindo momento em que com certeza o céu faz festa. É o ato de demonstrarmos publicamente que estamos dispostos a morrer para o mundo e viver para o Senhor, de forma consciente.

Passe a observar como você se sente ao testemunhar um batismo. As pessoas que estão ali se batizando possivelmente ESCOLHERAM (isso é o que se espera), viver uma nova vida com Cristo. Quando passamos por isso, sentimos uma alegria, uma emoção muito intensa, e que faz parte da nossa vida como um momento muito especial. Portanto, deveríamos dar mais valor a esse momento tão importante na vida de outras pessoas também, nos alegrando, intercedendo e dando palavras de motivação.

Que nós possamos viver experiências especiais na casa do Senhor, aproveitando detalhe por detalhe, reconhecendo quais são as rotinas que estão se tornando enrijecidas, automáticas,...

Bom gente, esse foi meu desabafo. Espero que tenha compreendido minha opinião, ainda que não concordem.


Juliana Meni
Em 04/04/2011
Postar um comentário