Tenha atitudes que demonstrem o quanto você ama o seu cônjuge.


Muitos casais deixam apenas para os momentos de intimidade as belas palavras, gestos e atitudes de carinho.  Mas precisamos lembrar que não vivemos o tempo de intimidade são aqueles momentos especiais. No dia a dia conversamos, fazemos trabalhos domésticos juntos, passeamos e são nestas e tantas outras situações que nossas atitudes tem que manifestar o quanto amamos.

Neste “dia a dia” enfrentamos várias circunstâncias que em muitas delas somos levados a perder o controle e que chegam a abalar os relacionamentos.

As nossas atitudes devem ser de proteção de nossa metade. A Palavra de Deus diz que devemos amar e santificar a nossa esposa como Cristo ama e santifica a sua Igreja. Nós,  os que cremos em Cristo, estamos sob a proteção, os cuidados, a companhia de Cristo em todas as situações, Ele me torna puro e me aperfeiçoa. Paulo nos ensina que são estas as atitudes que temos que ter um para com o outro no relacionacionamento conjugal. Protejo e santifico minha esposa, ela se submete, ou melhor, se coloca sob minha proteção.

Compreenda e creia que o Senhor deseja que o relacionamento sexual entre marido e mulher seja desfrutado de maneira abundante.

Muito se fala sobre o sexo seguro – Este é o modelo de sexo seguro: debaixo dos princípios de Deus, entre marido e mulher.

O relacionamento sexual não é algo mecânico, banalizado como nos dias de hoje, motivo de estilo de vida e muito menos pode ser visto como uma necessidade física. Deve ser a realização plena dos desejos e prazeres das duas partes que se completam e temperadas com a fidelidade e lealdade.

Deus criou homem e mulher para se multiplicarem e frutificarem, para encherem a terra dentro do contexto numérico (terem filhos e filhas) como na vida de caráter (que fala sobre os relacionamentos entre homem e mulher). Este relacionamento deve ser repleto de amor, amor romântico, prazeroso e pleno.

Marcos Paiva
Pastor da Igreja de Nova Vida Niterói, Médico Gastroenterologista.
Postar um comentário