RECONHEÇA SEUS DEFEITOS E PROCURE MELHORAR !!!

   

Infelizmente, existem pessoas que passam a vida inteira sem conseguir enxergar quem realmente são.  E nada impede mais a felicidade e o crescimento humano que a dificuldade em reconhecer seus defeitos.
Aqueles que são assim, normalmente fazem uma leitura sobre si mesmos que nunca coincide com aquela de todos à sua volta.
Torna-se mais cômodo arrumar desculpas para não encarar suas próprias debilidades. Jeitosamente, os defeitos são mascarados em qualidades, como por exemplo:
Há quem diga que é uma pessoa extremamente zelosa, porém, quem convive diariamente com ela detecta um perfeccionismo neurótico que torna insuportável a convivência.
Enquanto outras se definem como pessoas divertidas, tranquilas e que levam a vida numa boa, quando na verdade, podem estar camuflando que são relaxadas.
Há quem diga que é perseverante e não desiste de nada, mas na realidade não quer admitir que é teimosa e insiste em causas erradas.
Outras dizem que são francas, mas querem disfarçar que são ásperas e grossas.
Algumas se declaram espontâneas e autênticas, por isso conservam seu jeito espalhafatoso de rir e falar alto – isso para esconder que empacaram na indiscrição e não querem mudar.
Lembro-me de um exemplo claro para ilustrar este assunto:
Estava conversando com uma jovem senhora com problemas no casamento e perguntei em que ela achava que deveria mudar, pois com certeza tinha uma parcela de culpa naqueles problemas. Ela rodeou bastante para apontar defeitos confeitados como se fossem qualidades.
No final da conversa, pedi que ela conversasse com seu marido e seu filho sobre seus defeitos e não se defendesse. Eles gentilmente fizeram uma lista do que queriam que ela mudasse.
Imagine uma lista grande!!!
Isso é uma pequena amostra do quanto é difícil encarar quem realmente somos.
Como é fácil ver a sujeira do outro e sentir seu mal cheiro, enquanto as próprias falhas são ignoradas. Não são poucos os que passam anos tentando mudar terceiros, esquecendo a si mesmos.
Finalizo com uma música antiga, chamada “Modinha para Gabriela”, que retrata um pouco do que tentei dizer:

“Eu nasci assim,
Eu cresci assim,
Eu sou mesmo assim,
Vou ser sempre assim,
Gabriela, sempre Gabriela”

Me desculpem as “Gabrielas”, mas não tem futuro viver assim.
Inevitavelmente, se você não se atinar e abandonar a Gabriela que existe dentro de você, logo vai destruir as oportunidades de vencer e ser feliz. Experiência de quem já viveu o suficiente para dizer que boas oportunidades vêm, vão e podem nunca mais voltar.
Não pare no tempo!
A vida é uma constante caminhada e exige mudanças.
Esteja pronta a pagar o preço de ser uma nova criatura. Tenho certeza de que valerá a pena!

FONTE:


Postar um comentário