Tome uma decisão

Salmos 90 Versículo 12.
Por: Michelle Coutinho / BLOG PALAVRA DO DIA


Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios.


Algumas frases e orações são comuns no nosso dia a dia como: “Peço a Deus para que feche as portas que não são para eu passar, e abra as portas que o Senhor tem para mim” ou “quero terminar esse namoro, mas ainda gosto da pessoa, Deus poderia tirar esse sentimento do meu coração” ou  “Eu quero me firmar na presença de Deus, mas estou esperando o tempo de Deus”.

Não há impossíveis para Deus, para Ele é muito simples responder a essas solicitações. Porém, existem coisas que precisamos decidir e fazer. Precisamos crescer espiritualmente.

Imagine um bebê, ele não escolhe as roupas que vestirá, apenas expressa fome, sono e fralda suja pelo choro. Na medida em que esse bebê cresce, passa a tomar suas decisões e aprende a comer, dormir e ir ao banheiro sem chorar. É um processo na vida da criança.

Assim somos nós. Não podemos ser “bebês” espirituais para sempre. Precisamos crescer. Em vez de pedirmos a Deus para que abra e feche portas, podemos pedir discernimento para escolher entre as portas. Temos o Espírito Santo em nós, e Ele nos guia a toda verdade. Precisamos entender que não somos “robôs” manipulados por Deus. Para Deus abrir e/ou fechar portas em nosso caminho é muito fácil, mas Ele nos dá o direito de escolha.

Da mesma maneira, temos a liberdade de escolher com quem vamos nos relacionar. Pedir a Deus para tirar sentimentos é preguiça espiritual. Não queremos sofrer consequências de nossas atitudes e não queremos buscar a Deus com mais intensidade. Preferimos fazer uma simples oração e pronto! Como um toque de mágica! Mas com Deus não funciona assim.

Não espere que Deus faça tudo para você e por você. Ele deseja que você tome decisões sábias. Peça sabedoria e discernimento ao Senhor para tomar as decisões necessárias em sua vida, seja a troca de emprego, o término do namoro ou decidir se firmar e agradar a Deus.

 É hora de crescer!


 
Postar um comentário