DESPERTE !

Resultado de imagem para desperte
Graça e Paz!

Bom, o motivo desta mensagem é compartilhar um pouco do muito que Deus tem ministrado ao meu coração a respeito da “vida cristã”.  Precisamos avaliar quais tem sido as nossas reais motivações em aceitarmos a Jesus, frequentarmos uma igreja e dizermos que somos cristãos. Pense sobre sua vida e ore pedindo ao Espírito Santo que lhe esclareça o que for necessário. Seja um verdadeiro cristão que não somente procura conhecer a Palavra, mas que também se preocupa em praticá-la.

Qual a nossa motivação em fazermos a obra na qual fomos chamados a desenvolver? Amamos os nossos dons porque simplesmente fazemos o que gostamos, ou porque sabemos que o exercício deles na direção que Deus quer vai gerar frutos na vida de outras pessoas, ainda que não vejamos?

Você tem o dom de cantar, tem uma voz linda? Mas só canta se tiver a oportunidade na sua igreja? Pense bem... Deus quer muito mais do que isso. Peça ao Espírito Santo para te dar estratégias e te ensinar a usar essa voz linda de formas diferentes te levando aos que precisam, mesmo que você não tenha um microfone na mão. Peça a Ele discernimento para aproveitar as oportunidades, que são tão simples. De repente alguém próximo a você demonstra estar triste, você canta pra ela uma canção, e aquele louvor alegra aquela pessoa, leva paz, resposta de Deus.

Você é músico, toca algum instrumento? Lembre-se do que acontecia quando Davi tocava a Harpa! Ore e peça ao Senhor que use o seu som para que vidas sintam a presença de Deus através da música.

Gosta de ajudar o próximo? Envolva-se no projeto de ação social da sua igreja ou de um projeto como um centro de recuperação, um orfanato, asilo, ou crie um projeto que beneficie as famílias necessitadas do seu bairro. Existem inúmeras formas de levarmos o amor de Deus não só em palavras mas atitudes. E o que nós estamos fazendo???

Tem condições financeiras? Apóie um projeto missionário! Há tantos missionários que fazem lindos trabalhos que tem abençoado vidas e só precisam  de ajuda financeira para desenvolve-los.

Gosta de pregar a Palavra? Não se limite aos púlpitos. Peça ao Espírito Santo para te mostrar os sedentos excluídos da sociedade, e que muitas vezes estão perto de você e você nem se atentou, porque está preocupado em pregar com um microfone na mão...

Percebeu alguém do seu convício que não está mais indo à igreja, não está participando tão ativamente das atividades como você já viu antes? Ou mesmo alguém tem ido à igreja mas tem andado sozinho pelos cantos? Você vai continuar só observando? Puxa assunto, conversa, pega telefone, liga, manda e-mail, zap, mas faça alguma coisa!!!! E digo mais... você não precisa querer saber da vida dela se ela não quiser compartilhar, a pessoa vai contar se quiser, se sentir a vontade, mas pelo menos abrace, diga o quanto ela é importante, dê palavras de encorajamento.

Gosta de evangelizar e não sabe como? Envolva-se com os ministérios de evangelismo. Ande com quem sabe, pesquise na internet a respeito do assunto, estude, aprenda com quem já sabe, e comece acompanhando quem já tem experiência. Ainda que vc não diga nada de inicio, mas se acompanhar quem sabe o que dizer, e você estiver ali apoiando e intercedendo, estará fazendo parte do corpo. Com o tempo você desenvolve.

Você tem dificuldade para falar em público mas gosta de escrever mensagens de edificação? Escreva cartas e bilhetes aos que estão desanimados na fé, aos que não conhecem a Jesus, aos que precisam de instruções e ensinamentos! Mas faça alguma coisa !

Sabe queridos eu queria trazer esta reflexão. Coloque em prática o “MAIS DE DEUS E MENOS DE MIM”. A prática do Evangelho acontece nas coisas simples do dia-a-dia. Tome uma atitude!

Muitas vezes nos preocupamos com nossos sonhos e problemas e vivemos em torno disso! Mude o foco querido! Não viva em torno de você mesmo. Deus quer que você mergulhe mais na presença dEle e cheios da Sua glória venham impactar vidas!!! Não estou dizendo que não devemos orar pelas coisas que nos envolvem aqui na Terra, nem que devemos parar de estudar, trabalhar, não é isso! Mas devemos rever nossas prioridades e observar em que lugar na nossa vida está a busca ao Senhor e desenvolvimento da Sua obra aqui na Terra.

O que temos feito com o que temos percebido do Senhor? Quais são nossas prioridades, que frutos nossas escolhas diárias tem dado na vida dos que estão próximos a nós? Será que podemos dizer que amamos ao Senhor por quem Ele é, e não apenas pelo que Suas mãos podem nos oferecer? Podemos dizer que Ele é o Senhor e Salvador da nossa vida? Nosso estilo de vida tem sido referencia de cristão para os que nos observam? Nossas palavras e atitudes tem sido ferramentas de edificação para os outros ou de escândalo e decepção?

Ju Meni

Meditem nesses textos bíblicos:

2 Timóteo 2.15: “Procure apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro que não tem do que se envergonhar e que maneja corretamente a palavra da verdade”.

Tiago 1.23-25: “Aquele que ouve a palavra mas não a põe em prática, é semelhante a um homem que olha a sua face num espelho e, depois de olhar para si mesmo, sai e logo esquece a sua aparência. Mas o homem que observa atentamente a lei perfeita, que traz a liberdade, e persevera na prática dessa lei, não esquecendo o que ouviu mas praticando-a, será feliz naquilo que fizer”.

2 Timóteo 4.2: “Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte, com toda a paciência e doutrina”.

Colossenses 4.5-6: “Sejam sábios no procedimento para com os de fora; aproveitem ao máximo todas as oportunidades. O seu falar seja sempre agradável e temperado com sal, para que saibam como responder a cada um”.

1 tessalonicenses 5.14: “Exortemos vocês, irmãos, a que advirtam os ociosos, confortem os desanimados, auxiliem os fracos, sejam pacientes para com todos”

Tito 3.14: “Quanto aos nossos, que aprendam a dedicar-se à prática de boas obras, a fim de que supram as necessidades diárias e não sejam improdutivos”

1ª João 3.18: “Filhinhos, não amemos de palavra nem de boca, mas em ação e em verdade”.

Colossenses 3.17: “Tudo o que fizerem, seja em palavra ou em ação, façam-no em nome do Senhor Jesus, dando por meio dele graças a Deus Pai”.

Colossenses 3.23: “Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens, sabendo que receberão do Senhor a recompensa da herança. É a Cristo, o Senhor, que vocês estão servindo.”

2 Tessalonicenses 3.13: “Quanto a vocês, nunca se cansem de fazer o bem”.

Parte final de Filipenses 2.12 : “Ponham em ação a salvação de vocês com temor e tremor”.

Bom... é isso!

Um abraço.
Juliana Meni

VIDEO 1

VIDEO 2

  

Postar um comentário