Cuidando do Missionário

Resultado de imagem para Cuidando do Missionário

O missionário deve ser recebido com amor. Geralmente chega cansado do campo, e com muitas dores a ser tratadas. Não precisa de um acolhimento de herói, mas de um ser humano querido. Que a liderança da igreja e da missão dê assistência pastoral ao missionário, ouvindo-o, sabendo como ele está como pessoa, quais são suas lutas e dores, em que área ele precisa de ajuda.”

(Depoimento de um missionário brasileiro)
Fui despertada para a grande necessidade de prestar cuidados ao missionário durante meus dez anos de serviço como missionária... Como missionários, passamos ali por vários tipos de sofrimento: malária, momentos de extrema violência, restrições religiosas e o confronto diário com a miséria do povo. Pesou muito a falta de um preparo mais específico e a falta de um apoio adequado para perseverar. Não devemos impor às novas gerações de missionários, em contextos também difíceis, a mesma falta de apoio. Alguns obtêm crescimento nessas situações, mas outros voltam feridos...

Viver num contexto transcultural exerce grandes pressões emocionais e espirituais. No princípio, a pessoa se sente desorientada e, muitas vezes, solitária. Quando volta à terra natal, se sente novamente um estrangeiro; muitos atravessam um período de depressão nessa fase. Precisam de cuidado pastoral e psicológico, e de momentos de restauração...



Postar um comentário